5 línguas antigas de origens desconhecidas

0

O idioma de uma sociedade nos oferece muito conhecimento sobre sua cultura, o modo de vida, evolução e até mesmo seus padrões de migração. Eles nos dão uma visão profunda dos povos antigos e permitem formar a história da humanidade no passado. No entanto, há alguns idiomas com sua história desconhecida, deixando, assim, o passado envolto em completo mistério…

Picene Norte

idioma1
Picene Norte era a língua falada pelos povos de Picentes, que viveram no nordeste da Itália durante o primeiro milénio a.C. A língua Picene Sul foi bem estudada e foi identificada como sendo uma língua italiana distinta, criada pela família da língua Oscan-Umbrian. No entanto, a Picene Norte é muito diferente da Picene Sul e os linguistas foram incapazes de classificá-la com precisão.

As inscrições de Picene Norte foram encontradas numa pequena cidade de Itália, chamada Novilara. A língua estava escrita num tipo de script semelhante ao alfabeto etrusco, mas mantinha várias letras gregas para determinadas consoantes. As caraterísticas gramaticais dessa língua têm perturbado os estudiosos e nenhuma conclusão pôde ser feita a partir das suas descobertas.

trusco

idioma2
Etrusco era a língua falada e escrita pela civilização etrusca, uma antiga sociedade que existiu na região Toscana da Itália antes do Império Romano. Com uma cultura poderosa e sofisticada, os etruscos foram a primeira grande civilização do Mediterrâneo Ocidental. São muitas vezes vistos como uma sociedade misteriosa e desconhecida, dado que a maior parte das coisas que sabemos sobre eles, veio de histórias escritas pelos antigos romanos.

  10 Livros Religiosos Pouco Conhecidos

A língua dos etruscos é muitas vezes considerada um isolamento da linguagem, não relacionado a qualquer outra língua. Existem poucas línguas no mundo que se assemelham ao etrusco. A linguagem é flexionada, complexa e possui muitos casos gramaticais. Pouco se sabe de onde a linguagem veio, mas alguns linguistas propõem que faz parte do grupo de hipótese das línguas tirrenas.

Basco

idioma3
A língua basca é falada pelo povo basco do norte de Espanha e algumas partes do sudoeste da França. Embora os estudiosos tenham tentado vincular o basco a outras línguas, os estudos concluíram que não há nenhuma relação conhecida com qualquer outra língua no mundo.

O basco é a única língua pré-romana conhecida que sobreviveu, enquanto outras línguas ibéricas se tornaram extintas. Muitas tentativas têm sido feitas para mostrar uma relação entre as línguas basca, ibérica e afro-asiática, mas nenhuma foi completamente aceita. O basco tem a vantagem de ser uma língua viva, o que dá uma oportunidade para a compreensão da diversidade linguística dos povos antigos, uma vez que viviam na Península Ibérica.

Sumeriano

idioma4
Considerada a primeira língua escrita, o sumeriano foi falado na Mesopotâmia durante o segundo milénio a.C. O sistema de escrita do sumeriano é do tipo cuneiforme, ou seja, uma série de ideogramas, símbolos e formas abstratas que representam ideias, ao invés de palavras específicas ou sons. Alguns cuneiformes são decifrados, embora muitas representações diferentes tenham sido estabelecidas. Os linguistas e os arqueólogos ainda debatem sobre a gramática e a sintaxe dessa língua e há apenas algumas centenas de pessoas no mundo com um conhecimento prático da mesma.

  10 religiões antigas que são seguidas até hoje

Similar a outras línguas antigas, o sumeriano é aglutinante. As palavras podem ser formadas ou usadas com uma cadeia de terminações e sufixos separados para transmitir o que está a ser dito. As origens da língua permanecem desconhecidas e não há uma resposta consistente sobre onde ela pode ter surgido.

Ainu

idioma5
A ilha japonesa do norte de Hokkaido é o lar de um grupo de povos indígenas chamados Ainu, que se pensa serem os primeiros habitantes humanos das ilhas japonesas. Os povos Ainu são um grupo étnico cultural e linguisticamente diferente do povo japonês e acredita-se que são descendentes dos caçadores-coletores de Jomon-ji que migraram para a ilha por volta de 14.500 a.C.

Uma língua extremamente ameaçada de extinção, pensa-se que o Ainu é falado apenas por uma pequena percentagem de pessoas. Embora a língua não tenha nenhuma forma escrita, tem sido tradicionalmente escrita usando os caracteres japoneses Kana. Isso acabou tornando quase impossível a sua conservação dentro da cultura Ainu.

Deixe um Comentário