Os 10 fatos mais surpreendentes sobre buracos negros

0
página 1 de 2

Os buracos negros são um dos maiores mistérios do Universo e provavelmente vão continuar assim por muito tempo ainda, apesar dos esforços da NASA em investigá-los – o que, você pode imaginar, é uma tarefa árdua.

Até lá, aqui estão alguns fatos impressionantes e um tanto aterrorizantes das entidades cósmicas mais legais do Universo visível.

Veja 10 fatos surpreendentes sobre buracos negros:

1) Buracos negros não podem ser vistos e nem são orifícios reais

buraco-negro

Os buracos negros não são buracos, eles são pontos muito densos chamados singularidades e são totalmente invisíveis a olho nu. Imagine a menor coisa possível comprimida em um único ponto. É isso, basicamente. Os buracos negros são os restos compactados de uma estrela em colapso, geralmente uma supernova de grande massa estelar. Supernovas têm cerca de 20 vezes mais massa que o nosso Sol, que um dia vai morrer em silêncio e, provavelmente, desaparecer em uma anã branca. Relaxa, isso não vai acontecer por pelo menos mais quatro ou cinco mil milhões de anos.

As estrelas maciças, aquelas que fazem o nosso Sol parecer um pontinho no mapa interestelar, são as que morrem com estilo e deixando uma bagunça em seu rastro. Então, como se isso não fosse dramático o suficiente, os restos começam a entrar em colapso sobre si mesmos, formando a singularidade densa de forças gravitacionais impossíveis que conhecemos como buracos negros. Infelizmente, não podemos vê-los, porque a luz também é absorvida por suas forças gravitacionais extremas, mas nós desenvolvemos maneiras de detectá-los. O significa observar os objetos ao seu redor.

  Empresa lança plano para quem quer se mudar para Marte

2) Detectando buracos negros

Um dos fatos mais conhecidos sobre buracos negros é que a luz é absorvida por eles – e isso também nos ajudar a detectá-los. A influência gravitacional do buraco negro distorce o espaço-tempo e engole a luz formando anomalias gravitacionais. Isto pode variar entre uma estrela misteriosamente desaparecida, um disco de detritos cósmicos em torno do buraco negro e um dos visuais mais legais no espaço: a lente gravitacional, que ocorre quando a gravidade de um corpo interestelar dobra a luz e, consequentemente, a imagem dos objetos em torno dela. Ele cria um efeito de espelho de parque de diversões, conforme os objetos são refletidos e refratados infinitamente em torno do buraco negro. Isso cria a imagem que inspirou o nome da entidade cósmica.

3) Buracos negros são geradores de energia eficientes

buraco-negro-2

Pra uma singularidade que cria um verdadeiro sumidouro no tecido do espaço-tempo, os buracos negros são na verdade geradores de energia milagrosamente eficientes. Isso tem a ver com o disco que se forma em torno deles. Um disco de acreção é exatamente o que parece: um acúmulo de matéria que teve o azar de chegar muito perto de um buraco negro. Do lado de fora do horizonte de eventos, os objetos giram em torno do buraco negro lentamente. No entanto, mais perto da singularidade, a matéria gira mais rapidamente ao redor do poço gravitacional e essa agitação gera calor… Alguns milhares de milhões de graus centígrados, o que transforma a massa em energia, o que também pode ser chamado de radiação de corpo negro – como ainda não existe uma banda com esse nome?

  Cada salsicha ingerida reduz 15 minutos de vida, diz estudo

4) Buracos negros fazem barulho

É isso mesmo – estes monstros são barulhentos. Apesar do som no espaço ser impossível devido à falta de ar, instrumentos especializados podem ser usados ​​pra “ouvir” as partículas de um buraco negro enquanto ele engole alguma coisa.

Felizmente, nem todos os buracos negros são barulhentos desta forma; Também foi descoberto que alguns buracos negros que cantam. É isso mesmo, a NASA detectou recentemente um “coro” dos buracos negros cantando, por assim dizer. É realmente apenas uma questão de tempo antes que eles apareçam em programas como The Voice e literalmente esmaguem a oposição.

5) Buracos negros arrotam – teoricamente

buraco-branco

Os buracos negros não são apenas excelentes em consumir tudo ao seu redor, eles também podem ter gases! Os cientistas teorizam que, eventualmente, os buracos negros liberam a energia em um pulverizador de matéria, luz e radiação – os cientistas chamam isto de buraco branco – e eles expelem tal energia em todas as direções possíveis, observáveis ou não.

Continue a ver os demais fatos sobre buracos negros: clique em “Próxima página” para prosseguir

página 1 de 2

Deixe um Comentário