Por que nosso corpo treme quando sentimos frio?

0

Quem nunca se pegou tremendo em um dia frio? Ok, não dá para dizer que a maior parte do Brasil já tenha vivenciado temperaturas muito baixas, mas, em alguns lugares, 15°C proporciona um clima bem geladinho.

Mas você sabe por que o corpo treme quando se está com frio? A resposta parece, ao mesmo tempo, lógica e complexa.

Quando estamos com frio, tudo o que queremos é nos aquecer. É justamente para isso que nosso corpo treme, mesmo sem querermos! Esse é o processo mecânico e involuntário do corpo humano que gera calor.

Descargas elétricas

arrepio

Imagine seu corpo em boas condições de saúde, a 37°C, chegando a um local gelado. Imediatamente, começa-se a perder calor para o ambiente. (Veja também: Frio pode afetar a sua mente; descubra cinco formas)

Nesse momento, as células do cérebro emitem descargas elétricas para que os músculos localizados na raiz de cada pelo se arrepiem, causando uma contração muscular por todo o corpo que gera calor. Uma vez em pé, os pelos ajudam a reter uma camada de ar na pele, que é um isolante térmico, ou seja, um agasalho natural.

Se faz muito frio, também é comum que comecemos a fechar as mãos, cruzar os braços e curvar o corpo. Isto reduz a superfície exposta e, consequentemente, a área que perde calor para o ambiente.

  Como os seres humanos perderam seus rabos duas vezes?

Sensores

(Foto: Hernan Piñera / Flickr)
(Foto: Hernan Piñera / Flickr)

Algumas pessoas sentem mais frio do que outras. Isso acontece devido à quantidade de sensores de percepção que cada um possui: quanto mais sensores, mais friorenta será a pessoa.

Como a quantidade de sensores não são uniformes pelo corpo, pode acontecer de alguém sentir mais frio nas mãos, por exemplo. A concentração deles é maior nesta região corporal.

A quantidade de músculos também influencia nessa sensação, pois, quanto mais músculos, menos frio. É por isso que os homens tendem a ser menos friorentos do que as mulheres, que acabam sendo mais precavidas em relação à previsão do tempo.

Fonte: Portal EBC



Deixe um Comentário