Usar redes sociais em festas de fim de ano pode gerar depressão, diz estudo

0

As festas de fim de ano já estão chegando, o que significa passar bons momentos ao lado de família e amigos, certo? No entanto, de acordo com uma pesquisa divulgada recentemente, quem fica só no Facebook ou em outras redes sociais vendo a celebração dos outros durante o Natal e o Ano Novo tende a ficar mais triste e deprimido ao longo do período.

O estudo foi realizado por especialistas associados à Universidade de Copenhague, na Dinamarca, e divulgado em uma edição recente revista Cyberpsychology, Behaviour and Social Networking. A pesquisa sugere que o uso excessivo das redes sociais durante este período do ano pode resultar em sentimentos de inveja, por exemplo.

  Estudo associa uso do Facebook com maior expectativa de vida

Além disso, os responsáveis pelo estudo garantem que ele também serve para mostrar os efeitos negativos de ficar de olho na vida de outros, sem manter qualquer contato e amizades com  terceiros.

“O uso regular de redes sociais como o Facebook pode afetar negativamente o seu bem-estar emocional e sua satisfação com a vida”, disseram os responsáveis, que entrevistaram aproximadamente 1,3 mil pessoas (a maior parte, mulheres) para o estudo.

  Por que Facebook e WhatsApp têm tantos problemas com a Justiça brasileira?

Deterioração do humor

Com o resultado das entrevistas em mãos, os pesquisadores alertam que passar muito tempo nas redes sociais, bisbilhotando a vida de outros, leva a um comportamento que gera “comparações irreais”, bem como inveja e a deterioração do humor da pessoa.

Agora fazer justamente o oposto, como simplesmente conversar ou interagir com alguém nas redes sociais, foram descritas como experiências “muito positivas” para melhorar o humor de alguém.

Uma outra sugestão para evitar ficar triste e deprimido, e melhorar o bem estar é justamente evitar usar as redes sociais por, pelo menos, uma semana.

Texto por Augusto Ikeda, edição por Igor Miranda.



Deixe um Comentário