10 estatísticas de mortes bizarras

0

Estatísticas são comuns, há milhares delas sobre quase tudo e, também sobre mortes. Conhecemos várias dessas, sobre câncer, acidentes de carro, uso de drogas, doenças, entre várias outras.

Entretanto, há números consideráveis de pessoas morrendo pelas causas mais improváveis.

1 – Ataque de hipopótamo

hipopotamo

O hipopótamo parece um animal tranquilo, entretanto ele odeia intrusos no seu território. Como ele não enxerga bem, ele ataca qualquer coisa em sua defesa.

Os dados sugerem que cerca de 2.900 pessoas morrem anualmente na África vítimas do gigante, o que o torna um dos animais que mais matam.

1 – Dirigir escrevendo no celular

digitando-dirigindo

Uma pesquisa realizada pelo Virginia Tech Transportation Institute (VTTI) constatou que escrever uma mensagem de texto enquanto dirige é a causa de 6.000 mortes apenas nos Estados Unidos. A chance de uma colisão é 23 vezes maior.

3 – Asfixia Erótica

asfixia-erotica

A prática tem como objetivo aumentar a sensação de prazer e assim chegar ao orgasmo. Para isso, diminui-se intencionalmente o envio de oxigênio para o cérebro durante o estimulo sexual.

Acredita-se que a redução de oxigênio gera sensação euforia, entretanto a chance de acontecer um erro e acabar se matando é grande. A estimativa é de que cerca de 600 pessoas morrem por ano enquanto praticam a asfixia erótica.
O ator David Carradine, famoso pelo personagem da série de filmes Kill Bill, morreu em decorrência dessa prática sexual.

– Cair da Cama

cair-cama

De acordo com Centro de Controle de Doenças, 1,8 milhões de atendimentos em emergências hospitalares realizados em pacientes são decorrentes de quedas da cama. Desses, 450 vão à óbito todos os anos apenas nos Estados Unidos, dentre eles idosos, crianças e pessoas obesas.

Veja também:   Holocausto Brasileiro: conheça a história do terrível Hospital Colônia

5 – Água-viva

vespa-do-mar

O veneno da vespa-do-mar é mortal, ela tem dezenas de tentáculos com mais de 4 metros e carregados de uma toxina suficiente para matar em menos de três minutos.

Todos os anos, entre 20 e 40 pessoas morrem nas Filipinas vítimas da anafilaxia provocada pelas águas-vivas.

6 – Montanha Russa

montanha-russa

Embora o risco de acidente envolvendo uma montanha russa em parques de diversões seja pequeno, estudos apontam que durante os anos de 1994-2004, 40 pessoas morreram enquanto se divertiam no brinquedo apenas nos Estados Unidos.

Com isso, em média 4 pessoas perdem a vida no país todos os anos por andar no brinquedo.

7 – Máquinas de snacks

maquina-snacks

Inacreditavelmente, as estatísticas apontam que entre 10 e 13 pessoas morrem todos os anos por causa de esmagamento provocado pelas máquinas automáticas que vendem snacks.

8 – Mordida de Cachorro

mordida-cachorro

Apenas nos Estados Unidos, mais de 350.000 pessoas vítimas de mordidas de cachorros procuram emergências hospitalares todo ano. Muitas das vítimas são crianças que levam mordidas no rosto.

No país, cerca de 42 mortes são registradas anualmente em decorrência de ataques de cães.

9 – Formigas

formiga-saifu-dorylus

Quem diria que as pequeninas formigas são capazes de levar uma pessoa a morte, mas elas matam cerca de 30 indivíduos por ano.

Existem mais de 280 espécies de formigas letais, entre elas a Dorylus africana é uma das mais perigosa. Uma colônia de formigas pode ter mais de 20 milhões de representantes, logo se uma pessoa der bobeira próximo de um formigueiro, ela pode receber milhões de picadas e sofrer com o choque anafilático decorrente do veneno.

Veja também:   Chemtrails: rastros de aviões vão nos matar, diz teoria da conspiração

10 – Estalactites de gelo

estalactite

Vítimas fatais decorrentes de estalactites de gelo é outra inacreditável estatística de morte. Na Rússia cerca de 100 pessoas morrem por ano quando estacas pontiagudas de gelo caem de telhados na calçada e atingem a cabeça dos pedestres.

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com