10 incríveis conceitos de filmes que existem no mundo real

0

Já estamos cansados de saber que muitos conceitos utilizados em filmes de Hollywood são um verdadeiro absurdo e chegam a ser ridículos, entrando para a lista dos famosos clichês. Às vezes, até perdoamos, caso se trate de um longa fantasioso, mas em outros casos, se torna um verdadeiro motivo de piada e criticismo.

No entanto, por mais que pareçam loucos e impossíveis, alguns desses conceitos famosos realmente podem existir na vida real, mesmo que com algumas pequenas diferenças. Confira abaixo 10 deles:

10) Pessoas que conseguem desviar balas com uma espada

A ideia de cortar uma bala no ar é uma das ideias mais ridículas dentro do cinema. Alguns longas chegam até mesmo a colocar poderes mágicos ou psíquicos para justicar isso. Mas saiba que realmente é possível realizar tal feito na vida real.

Bem, só uma pessoa consegue. Seu nome é Isao Machii, considerado o espadachim mais rápido do mundo. Após anos de prática, Machii tentou fazer esse teste.

Uma mulher atirou em direção ao homem. A bala de festim deixou a arma a 320 km/h e em menos de um terço de segundo, chegou até Machii. Mas ele foi capaz de cortá-la no meio com uma espada samurai.

Parece algo impossível, mas assista ao vídeo acima e veja com seus próprios olhos.

9) Tornado de tubarões

filmes-conceitos 1

A série de filmes Sharknado também é outra coisa mais que absurda que os filmes já nos mostraram. Quem em sã consciência imaginaria que pode existir um tornado cheio de tubarões na vida real? Mas sim, esse fenômeno já aconteceu na vida real (claro, sem as mesmas proporções).

Em março de 2017, o Ciclone Debbie, que passava pela Austrália, acabou levando um tubarão do mar. Posteriormente, o animal acabou parando no meio de uma estrada próxima da cidade de Ayr.

Ninguém se feriu durante o acidente, já que muitas pessoas estavam dentro de casa por conta do ciclone.

Veja também:   Filhote de chow chow fica 9 meses preso após agredir policial na Inglaterra

8) A toxina do Coringa

filmes-conceitos 2

O Coringa, maior inimigo do Batman, também ficou conhecido por utilizar uma toxina, em formato de gás, que faz suas vítimas morrerem lentamente, enquanto contorcionam suas faces como se estivessem sorrindo.

Essa toxina realmente existe, ou pelo menos, funciona de forma bem semelhante. Uma planta conhecida pelo nome de Oenanthe, da família Apiaceae, produz uma substância semelhante, que foi utilizada para matar alguns residentes da ilha da Sardenha há 3 mil anos atrás.

O veneno, na realidade, não foi fundamental para tirar a vida dessas pessoas, que foram espancadas por seus carrascos até a morte. Mas existem vários relatos de suicídios com a planta, nos quais as vítimas morreram com um sorriso no rosto.

7) Arqueiros que conseguem dividir uma flecha

Outro clichê muito usado em Hollywood é o do arqueiro que é tão talentoso que é capaz de atirar uma flecha no meio de outra. Essa é uma ideia muito explorada nos filmes de Robin Hood, por exemplo.

Mas esse conceito não é tão impossível assim de ser reproduzido. Um arqueiro profissional, inclusive, conseguiu essa façanha em 1938 durante a gravação de um filme do próprio Robin Hood. Ele foi capaz de dividir uma flecha com a ajuda de outra que estava no centro de um alvo.

Vários arqueiros, inclusive, já conseguiram reproduzir essa façanha. Assista no vídeo acima.

6) Os instrumentos de espionagem do MI6

filmes-conceitos 3

Aqueles curiosos instrumentos de espionagem vistos nos filmes do James Bond não são pura fantasia. A MI6, a agência de espionagem do Reino Unido, possui seu “Q” da vida real, que os produz para os seus agentes.

Claro, a MI6 não dá detalhes de suas ferramentas de espionagem, mas já explicaram que não são parecidas com as que são vistas nos filmes do 007. Ou seja, esqueça as facas escondidas em lugares improváveis ou canetas explosivas. Na realidade, são coisas consideradas mais práticas.

Veja também:   Por que a América não foi nomeada em homenagem a Cristóvão Colombo?

No fundo, quem tenta criar ferramentas semelhantes com as dos filmes do espião britânico é a CIA, a agência de espionagem dos EUA, que já afirmou ter criado pequenas armas em canetas, canos e até em batons.

5) Carros espiões que derramam manchas de óleo

filmes-conceitos 4

Carros espiões iguais aos de James Bond também existem na vida real. Só que o veículo espião mais notório da história não pertencia a um espião, mas sim a um dos criminosos mais perigosos dos EUA: James “Whitey” Bulger.

O gângster tinha um Chevrolet Malibu que utilizava bastante em suas fugas. O carro, por exemplo, era capaz de jogar nuvens de fumaça e derramar algumas manchas de óleo no caminho para despitar aqueles que seguiam o criminoso.

Pode parecer algo até bobo, mas essas armadilhas realmente ajudaram bastante Bulger, pois ele demorou bastante tempo para ser preso.

4) A doença do filme Jack

filmes-conceitos 5

Em 1996, Robin Williams e Francis Ford Coppola juntaram suas forças para lançar o filme Jack, que conta a história de um garoto que envelhece quatro vezes mais rápido que o normal.

O filme não foi um grande sucesso, mas a doença do protagonista realmente existe no mundo real. Na família britânica Hartshorn, por exemplo, todas as mulheres também envelhecem quatro vezes mais rápido que o normal.

3) O cofre do Tio Patinhas

filmes-conceitos 6

O personagem Tio Patinhas ficou conhecido por nadar em um cofre cheio de moedas sempre que está feliz. E algo bem semelhante foi visto na Suiça há alguns anos.

Para comemorar uma decisão do parlamento do país, um grupo decidiu parar um caminhão cheio de moedas de cinco centavos de francos suíços em frente ao prédio do local. E posteriormente, foram colocadas em um cofre nas instalações de um banco antigo.

Na soma, essas moedas tinham um valor aproximado de 400 mil francos suíços, pouco mais de R$ 1,5 milhão, e pesavam um total de 15 toneladas.

Veja também:   É possível que o tempo esteja desacelerando, segundo estudo

Sim, ninguém nadou no meio dessas moedas, mas o local ficou muito parecido com o famoso cofre do Tio Patinhas.

2) O guarda-chuva que era uma arma do Pinguim

filmes-conceitos 7

Agora, vamos falar de outro vilão do Batman. Sabe aquela arma do Pinguim, que estava escondida em seu guarda-chuva? Esse é outro conceito visto em filmes que existe na vida real.

Em 1978, o dissidente búlgaro Georgi Markov vivia na Inglaterra por conta de pserguição política em seu país natal. Um dia, enquanto andava na rua, percebeu que um homem esbarrou seu guarda-chuva na sua perna e sentiu uma espécie de picada.

A ponta do objeto possuía ricina, um veneno que mata suas vítimas aos poucos, e foi justamente o que aconteceu com Markov, que morreu vítima de envenenamento.

Sim, o guarda-chuva não era exatamente uma arma, mas esse é o assassinato mais famoso envolvendo o objeto. Mas a CIA até que tentou desenvolver armas com eles, sem grande sucesso.

1) Os vilões de Scooby Doo

filmes-conceitos 8

No mundo da série animada Scooby Doo, parece que os adultos não tem muita dignidade para resolver seus problemas e decidem se fantasiar de monstros e fantasmas para assustar muita gente.

Um mineiro britânico decidiu fazer algo semelhante uma vez. Com medo de que mineiros coreanos roubassem um pouco de ouro para eles, ele e outros supervisores da mina criaram um plano assustador.

Eles colocaram um gramofone na mina e começaram a fazer sons assustadores. Depois, disseram para os mineiros que se tratava de um espírito malígno que amaldiçoaria suas vidas se não devolvessem o que roubaram.

Por incrível que pareça, o plano deu certo, mas acabou passando do ponto depois de um tempo. Os mineiros começaram a jogar frangos e porcos dentro da mina como uma espécie de oferenda para o espírito. Uma mulher, inclusive, chegou a dizer que estava possuída por ele e foi agredida por alguns colegas.

Fonte: Listverse

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com