5 comidas que podem matar

0

Como regra geral, a comida serve pra fornecer as calorias necessárias e os nutrientes que o organismo necessita pra crescer e viver. Outra regra geral da alimentação é que ela seja livre de riscos e exija o mínimo de esforço pra consumir – jogar roleta russa com alimentos é uma estratégia de sobrevivência ruim e queimar mais calorias na digestão do que a própria comida fornece torna toda a refeição inútil. Comidas que podem matar devem ser evitadas de nossa dieta.

Nós, seres humanos, no entanto, raramente vemos uma regra sem sentirmos vontade de quebrá-la e por isso não medimos esforços pra comer pratos que, sem grande cuidado e um esforço ridículo, nos mataria. Aqui estão algumas refeições que devemos saborear com cuidado – e provavelmente com um pouco de álcool também.

Veja 5 comidas que podem matar:

Casu Marzu

casu marzu

Uma das comidas que podem matar, Casu Marzu nasceu como um queijo simples feito de leite de ovelha fermentado a céu aberto. Mas, infelizmente, enquanto o queijo está esfriando, apreciando o ar, ele também é exposto a “mosca do queijo”, que põe seus ovos nele – em breve, o queijo está vivo com enxames de larvas. É importante notar que o queijo deve ser consumido enquanto as larvas estão vivas, porque se as larvas morrerem, o queijo se torna impróprio pro consumo. Existem métodos pelos quais os vermes podem ser incentivados a deixar o queijo antes de comer, mas honestamente eu não acho um pedaço de queijo podre cercado por larvas mortas mais apetitoso do que um contendo larvas vivas.

  NASA descobre barreira protetora criada involuntariamente pelos humanos

Como este queijo se tornou uma iguaria é um mistério, porque isso não deveria nem se qualificar como alimento. Se você encontrar isso na geladeira, sinta-se perdoado por contratar alguém com luvas de borracha pra removê-lo e queimá-lo junto com a geladeira e a casa inteira. As únicas qualificações pra isso ser chamado de iguaria são o elaborado processo de preparação, a escassez do produto final e o número chocante de pessoas dispostas a comê-lo.

Sannakji

sannakji 2

Como um banquete Klingon, Sannakji é um prato que deve ser consumido com um grau de embriaguez e expectativas limitadas. Afinal de contas, de acordo com relatos, este prato é mais um rito de passagem que um lanche saboroso. E como poderia ser de outra forma quando você está falando sobre a tentativa de mastigar o tentáculo se contorcendo de um filhote de polvo cru, vivo e extremamente consciente? Se não tiver muito cuidado e a parte do tentáculo tiver algum resquício de vida depois de ser engolido, ele pode usar suas ventosas e se anexar a sua garganta e lhe sufocar. Várias pessoas acabam sufocando até morte ao engolir um pedaço de polvo a cada ano – tente não ser um deles.

Fugu

fugu

Esta pode ser a mais conhecida das comidas que podem matar. A iguaria é famosa por quase matar Homer Simpson. Fugu é o nome de ambos o prato e o peixe, uma espécie de baiacu bonito. Partes do peixe, como seus órgãos e os olhos, contêm tetrodotoxina que, se consumida, causa paralisia muscular e asfixia. No Japão, anos de treinos são necessários pra que um chef seja legalmente autorizado a preparar Fugu, mas o foco da formação não é sobre remover as partes tóxicas, mas como dosar a proporção certa – se cortar corretamente, as toxinas restantes no prato devem causar intoxicação leve e sensações de formigamento. Envenenamento por fugu mata até seis pessoas por ano no Japão, mas geralmente são pessoas que capturam e preparam os peixes por conta própria. Isto significa que a preparação de Fugu é como fazer acrobacias em motocicletas: algo que realmente devemos deixar pros profissionais.

  Maior desastre ambiental do Brasil, tragédia em Mariana completa um ano

Hákarl

hákarl

Se algo é perigoso pra comer sem períodos prolongados de processamento elaborado, isso pode ser uma dica pra não comer, especialmente se o produto final cheira como uma meia depois de um dia de chuva. Hákarl é uma iguaria na Islândia, tradicionalmente feita eviscerando e decapitando um tubarão da Groenlândia, enterrando-o na areia e sob pedras pesadas por seis a oito semanas pra fermentar e perder umidade. Uma vez removido da areia, ele é cortado em tiras e posto pra secar por vários meses, antes de ser raspado e cortado em pedaços pra consumo com sabor de amônia. A maioria dos relatos sobre comer Hákarl incluem descrições de engasgos e vômitos, cheiro a carne podre e sabores de queijo vencido.

A razão pra transformação elaborada é que a carne do tubarão da Gronelândia contém concentrações elevadas de óxido de ureia e trimetilamina que, quando consumidos, transformam-se em trimetilamina e criam o efeito de intoxicação extrema – mas, observando os relatos, intoxicação extrema realmente parece melhor do que o sabor de tubarão estragado.

Amêijoas de Sangue

Amêijoas de Sangue

Uma das comidas que podem matar com facilidade, Amêijoas de Sangue são nomeadas pelo seu líquido vermelho-sangue e são consideradas uma iguaria na Ásia e no Pacífico. Infelizmente a associação com o sangue vai além do líquido. Amêijoas de Sangue gostam de crescer em áreas de maré rasa e se alimentam filtrando grandes quantidades de água através de seus corpos. Infelizmente, se existirem contaminantes na água, ficarão concentrados no molusco. Moluscos que vivem em água limpa são mais propensos ao consumo, mas graças aos lucros, mariscos são reunidos e cultivados em águas poluídas. Mesmo a água limpa não os torna seguros: gastroenterite é um resultado comum de comer mariscos, mas também há uma boa chance de contrair Hepatite A – entre outras coisas.

  Se você vê corretamente essa imagem, você é muito criativo

Amêijoas de Sangue foram proibidas em Xangai desde um surto de hepatite em 1988, embora ainda sejam consumidas por lá. Em 1982, 40 pessoas em Nova York contraíram Hepatite A, mas esses números provavelmente foram subestimados devido à forma como a doença se desenvolve. Comer Amêijoas de Sangue não seria tão perigoso, se fossem preparadas adequadamente, mas são muitas vezes consumidas crus ou após uma sessão de ebulição muito rápida. Então, se a ideia de um nódulo viscoso de carne salgada e sangrenta deslizando pela sua garganta não é suficiente pra causar suores frios, bon appetit.

Fonte: http://www.grunge.com/15674/strange-foods-great-chance-murdering/

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com