7 costumes estranhos praticados pelo mundo

0

Por todo o mundo existe a prática de costumes regionais, dos quais alguns podemos considerar estranhos. Esses costumes, muitas vezes estão ligados à cultura, religião e modo de vida de um povo.

Separamos uma lista com 7 costumes estranhos praticados. Confira:

1 – Mulheres girafas

mulheres-girafas

Na vila de Kayan ou Padaung, na Tailândia, vivem as mulheres girafas. Refugiadas de Myanmar, essas mulheres recebem esses nomes devido as argolas que elas colocam no pescoço com o objetivo de alonga-lo.

A partir dos cinco anos de idade as meninas começam a usar essas argolas de bronze, cujo conjunto pode chegar a pesar até dez quilos.

As argolas em si não aumentam o pescoço, elas apenas causam a ilusão de ótica ao afinar a região em que são colocadas. Além disso, o peso delas comprime a clavícula para baixo, dando a impressão de que o pescoço está mais longo.

Não se sabe ao certo os motivos dessa prática. Algumas mulheres dizem que é para ficarem mais bonitas, outras dizem que as argolas eram usadas para punir adúlteras e há ainda quem diga que as argolas eram usadas para proteger as mulheres do ataque de tigres.

2 – Carregar a casa para outro local

bayanihan

Na cultura filipina, há o costume nada comum de mover uma casa inteira pra outro local.

Essa prática é chamada de bayanihan e é feita para evitar prejuízo com deslizamentos ou construções. Entretanto, às vezes a pessoa só quer se mudar de lugar mesmo.

Essa prática ocorre nas províncias rurais, onde a maioria das casas é feita de bambu e madeira e o transporte só é possível porque vários moradores se juntam para carregar a casa até o novo local.

3 – Desfile de mortos

mainene

Em Toraja, na Indonésia, há o costume bizarro de a família desenterrar os mortos, vesti-los com roupas limpas e sair para um passeio usando uma espécie de estaca para mantê-los em pé.

O ritual é chamado de MaiNene, o que significa em tradução literal “A cerimônia de limpeza de corpos”.

Para esse povo, essa é uma maneira de mostrar que os entes queridos que morreram não foram esquecidos.

4 – Vacas sagradas da Índia

vaca-sagrada-india

Nas cidades indianas é comum encontrar vacas andando livremente nas ruas, no meio dos carros. Isso acontece pois a região hinduísta considera as vacas um animal sagrado.

Segundo a religião, a vaca serve como montaria para Shiva, um dos deuses venerados pela crença.

Da mesma forma, são considerados sagrados outros animais, como o rato; usado como montaria pelo deus Ganesh, e também o búfalo; que era o veículo do deus Yam.

5 – Cortar os dedos em respeito aos mortos

tribo-dani-indonesia

A indonésia parece mesmo um país de costumes bizarros. Para cada pessoa da família que morre, as mulheres da tribo Dani são mutiladas tendo uma parte do dedo cortada.

Para que isso ocorra sem dor, elas amarram a parte que será cortada para que fique dormente. Após o corte o local é cauterizado.

Acredita-se que essa prática acalma os espíritos e também simboliza a dor da perda.

6 – Homens andar nas ruas de mãos dadas

homens-arabes-maos-dadas

Para nós pode ser um costume bastante estranho, mas na Arábia Saudita é muito comum ver homens andando de mãos dadas pela rua.

Ao contrário do que possa parecer, o ato não sugere um relacionamento homossexual, já que a prática é condenada no país asiático. Na verdade isso é gesto de amizade, e não é difícil ver homens se beijando no rosto e até mesmo sentando no colo do outro em cafés árabes.

7 – Autoflagelação

autoflagelacao

Prática comum entre os muçulmanos xiitas, a autoflagelação, ou Ashura como eles a chamam, nada mais é do que infringir e castigar-se a si próprio.

Na cultura muçulmana isso é feito utilizando-se um conjunto de laminas afiadas presas por correntes ou cordas, enquanto em outras culturas o chicote seja o objeto escolhido. As lâminas são lançadas contra as costas do penitente, abrindo cortes e causando sangramento.

O ato acontece em homenagem ao neto do profeta Maomé, Imam Hussein, morto na batalha Karbala no século 7.

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com