9 aparelhos que caíram em desuso graças aos celulares modernos

1

Provavelmente ninguém esperava que os celulares iriam dominar nossas vidas e demolir vários outros aparelhos algumas décadas atrás. Hoje, fazemos tudo pelos smartphones.

A cada dia que passa, descartamos mais alguma máquina das nossas vidas, pois smartphones já têm a mesma função – e provavelmente melhor. Aqui estão 9 dispositivos assassinados pelos celulares.

Calculadoras

calculadora

Lembra daquela época em que estudantes universitários choravam ao comprar calculadoras científicas de centenas ou milhares de reais? Hoje, um app grátis já faz a mesma coisa, então, a não ser que você seja um estudante de um curso bem específico e tenha um professor muito chato, pode sorrir tranquilo, pois nunca mais precisará comprar uma calculadora na sua vida.

Tocador de MP3

mp3 player

Houve uma época que os tocadores de MP3 e os iPods eram a maior sensação nas escolas. Afinal, você podia ter todas as suas músicas favoritas num pequeno dispositivo de bolso! Entretanto, não demorou muito pra notarmos que aquilo era apenas um aparelho transitório que logo seria descartado, pois os celulares logo trouxeram todas as suas funções e ainda com a vantagem da conexão com a internet. Você nem precisa mais baixar as músicas ou comprar um cartão de memória graças aos serviços de streaming. Pois é, foi divertido enquanto durou.

Livros de culinária

livro de receitas

Os livros e as livrarias nunca deixarão de existir, mas o mesmo não pode ser dito a respeito dos livros de receitas. Um livro não só costuma ser caro e ocupa espaço, como também não é nada prático mantê-lo aberto e manuseá-lo enquanto suas mãos estão sujas e o forno está aceso. Principalmente agora que temos aplicativos nos nossos celulares que podem ter ainda mais receitas do que o maior dos livros, além de cronômetros específicos, vídeos de tutoriais, dicas de ingredientes variantes e até comunidade online pra potencializar a troca de informações e suas ideias. Tudo isso ocupando menos espaço e peso durante todo o processo.

Serviços de táxis sem aplicativos

táxis

Não é só o Uber que trouxe prejuízo aos táxis de rua. Se antes você podia ligar pra uma cooperativa, agora é só dar alguns cliques e um carro te busca onde quer que você esteja, sendo um “serviço de motorista particular” ou um simples táxi. Se formos parar pra pensar, até demorou pra termos aplicativos de transporte privado.

Câmeras

câmeras digitais

Em alguns anos, as crianças não vão mais entender essas câmeras de brinquedo. As câmeras se tornaram itens de profissionais porque não faz sentido gastar centenas ou milhares de reais nelas a não ser que você precise de boa parte das funcionalidades mais específicas – aquelas que você só aprende fazendo um curso profissionalizante ou lendo muitos tutoriais de internet. Se não for esse o seu caso, provavelmente seu celular já tira fotos e filma em HD e envia direto pras suas redes sociais. É bem provável que você já tenha tirado fotos dos seus álbuns antigos com o seu celular e postado tudo no Facebook, inclusive.

GPS

gps velho

Mais um dispositivo caro que perdeu totalmente sua utilidade. GPS nunca vendeu muito por causa do alto preço e porque a maioria dos motoristas consegue se virar sem ele. Agora que celulares já vêm com GPS, estamos começando a depender deles pra tudo, mesmo sem nem lembrar que eles já foram um aparelho separado. Só o fato de que não dá pra jogar Pokémon Go no aparelho de GPS já teria significado sua morte.

Videogames portáteis

n-gage

Não estou só falando dos velhos videogames portáteis de cartucho, mas tentativas mais recentes como o N-Gage – um total fracasso, mas responsável por apontar a demanda de mercado por celulares com jogos – e até mesmo o PS Vita. Na época do Game & Watch, acreditava-se que o futuro dos jogos eram os portáteis, e depois muitos achavam que esses consoles de bolso serviriam apenas pra passar o tempo na fila do banco. Com o PSP e o Nintendo DS, foi provado que muitos jogos de qualidade podiam ser feitos e jogados nos portáteis, mas se você é do grupo que só quer matar o tempo no ônibus ou metrô, essas opções são caras – sem falar que praticamente todas as desenvolvedoras já apostam nos “mobiles”, inclusive a Nintendo. Hoje, só a Nintendo ainda investe pesado nos videogames portáteis e seu público está ficando cada vez mais específico, pois você só precisa de um 3DS se quiser jogos bem específicos.

Controle remoto universal

controle remoto universal

Pouca gente teve isso no Brasil, mas temos que admitir que era bem útil simplesmente usar o mesmo controle remoto em qualquer tevê da sua casa – ou até fora dela. Entretanto pra que comprar um controle remoto universal se você pode simplesmente baixar um no celular e até mesmo trocar o canal no boteco independentemente da opinião de todo o resto dos clientes?

DVDs portáteis

dvd portátil

Outro dispositivo que dominou o mundo por pouco tempo e sumiu. Poucos anos atrás, era mais do que comum ver DVDs portáteis em aeroportos, rodoviárias e carros de família. Acontece que não só os celulares já têm telas de qualidade e catálogos gigantescos, até mesmo notebooks já são mais apropriados e úteis do que um aparelho que só serve pra ver filmes. Agora com serviços de streaming e a possibilidade de conectar seu celular à sua televisão, é bem capaz que os DVDs domésticos sumam em breve também.

Fonte: http://www.grunge.com/36351/things-killed-smartphone/

Discussão1 Comentário

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com