Abelhas podem ser extintas – e isso é um problema enorme

0

Pouca gente sabe, mas algumas espécies de abelhas estão correndo risco de extinção. E menos gente ainda sabe o tamanho do problema que isso pode representar. As abelhas, apesar de seu tamanho pequeno, possuem um impacto muito grande em toda a vida no planeta, incluindo a vida humana, por mais que a maioria das pessoas viva longe dos campos e matas onde os insetos são mais abundantes.

A principal atividade das abelhas é a polinização de plantas e quem pensa que elas só trabalham com flores ornamentais, está muito enganado. A cada 100 plantas que servem como alimento para nós, humanos, 70 dessas espécies dependem da polinização das abelhas para crescer, o que resulta em um impacto na produção mundial de alimentos que pode chegar a 90%.

Muitos vegetais correriam risco de extinção e estamos falando de alimentos relativamente banais, como alho, maçãs e cenouras. A escassez de vegetais não afetaria só os humanos, mas também os animais herbívoros e caso esses sucumbissem à crise, os animais carnívoros também seriam afetados. Seria o fim da indústria de carnes, laticínios e qualquer item fabricado à base do abate animal.

Outra indústria que entraria em colapso seria a têxtil, já que o algodão, matéria-prima na produção de inúmeros tecidos, também é uma das plantas que dependem da polinização das abelhas. Em outras palavras, uma possível extinção das abelhas aumenta o risco de diversas outras extinções, não só de vegetais e animais, mas também de humanos.

Veja também:   A Lua realmente afeta nosso humor? Novas pesquisas acreditam que sim

Por que elas estão morrendo?

Existem alguns fatores que estão colaborando para uma diminuição drástica na população de abelhas, tanto selvagens, como as que são criadas para produção de mel. A maioria desses fatores, como já era de se esperar, é de origem humana, como o aquecimento global e o uso intenso de pesticidas que acabam afetando esses insetos.

Alguns fungos e parasitas que vivem nas plantas frequentadas pelas abelhas também vêm colaborando para o desaparecimento de algumas espécies, mas em escala muito menor em relação aos itens anteriores. Medidas estão sendo estudadas por cientistas em todo o mundo, antes que seja tarde demais.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com