Afinal, o nazismo era de esquerda ou de direita? Entenda

1

O nazismo foi um dos movimentos políticos mais famosos e controversos da história, já que ele foi um fator fundamental para dar início à Segunda Guerra Mundial. Mas uma fala dita recentemente pelo presidente Jair Bolsonaro reacendeu um debate: afinal, o nazismo está à esquerda ou à direita do espectro político?

Em visita recente a Israel, Bolsonaro afirmou que o nazismo era de esquerda por conta da nomenclatura oficial do partido, que era Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães.

No entanto, de acordo com o consenso de muitos historiadores, o nazismo é um movimento político que está localizado na extrema-direita do espectro político, por conta das bases ideológicas que fomentam o surgimento da ideologia, bem com os seus principais apoiadores.

O historiador Ian Kershaw, que escreveu uma das principais biografias de Adolf Hitler, líder do movimento, lembra que entre as décadas de 10 e 20, o ditador já citava em seu discurso político a destruição da ideologia marxista como salvação do futuro da nação alemã.

Ainda segundo o historiador, existiam até mesmo milícias dentro do Partido Nazista que perseguiam seguidores do comunismo.

Já o historiador Richard J. Evans lembra que o primeiro campo de concentração da Alemanha foi construído em 1933 e que no início, os presos enviados para esses locais foram os representantes da esquerda e centro-esquerda do país.

Max Hastings lembra que foi a partir daí que além da perseguição a comunistas, teve início o antissemitismo, pois de acordo com o Partido Nazista, os bolchevistas e judeus eram os grande inimigos da Alemanha.

Outro fator que também costuma ser muito citado como prova de que o nazismo era de extrema-direita é que a ideologia tinha grande apoio de conservadores e movimentos para-militares da Alemanha.

No entanto, existe algo que o nazismo acabou pegando “emprestado” do comunismo e costuma ser citado como o motivo desta confusão sobre a ideologia ser de direita ou esquerda.

No fator econômico, o nazismo era antiliberal, o que realmente vai de encontro com o liberalismo normalmente pregado pela direita (e também se estendia para liberdades individuais). Hitler acreditava que o capitalismo liberal era ruim, por estar nas mãos dos judeus, e que o controle da economia deveria ser responsabilidade do Estado.

Ainda assim, o direito à propriedade privada era defendida pelo nazismo, que segundo Ian Kershaw, nunca também pregou a destruição do capitalismo. Esse é outro ponto muito citado por historiadores para reforçar que a ideologia sempre foi um movimento de direita.



Veja também:   Como seria se os invernos fossem longos como em Game of Thrones?

Discussion1 Comentário

  1. Nope.

    Nazismo era anticapitalista, não seguia nenhuma forma de capitalismo.
    E que porra é essa? Só porque tinha apoio de conservadores, ele era de direita? Opor-se aos Comunistas não é ser de extrema-direita.

    Eles perseguiam ambos capitalismo e comunismo, portanto, ele não tem nenhuma característica nem da esquerda e nem da direita. Eles tinham diversas características de ambos, e pelo que eu li por ai, eles mesmos diziam que seu espectro era baseado no sincretismo, não sendo direita nem esquerda especificamente.

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com