A ciência do riso: será que animais possuem senso de humor?

0

Piadas, anedotas, cócegas, felicidade… existem inúmeras razões que nos fazem rir. Mas será que os humanos são a única espécie com a capacidade do senso de humor?

A resposta mais curta é: “não”. Mas isso depende muito, principalmente de como você define “humor”.

Por milênios, filósofos e psicólogos lutaram para encontrar uma definição exata do que constitui o humor. Eles apresentaram inúmeras teorias ao longo dos anos. Dentre elas, uma das mais populares é a “teoria da incongruência” do humor.

Em poucas palavras, essa teoria diz que o humor surge quando há uma inconsistência entre o que se espera que aconteça e o que realmente acontece. Isso inclui ferramentas cômicas, como trocadilhos, ironia e reviravoltas do destino.

Se formos seguir esta definição, a grande maioria dos animais provavelmente não tem senso de humor. Isso porque eles não possuem mecanismos cognitivos e redes que lhes permitam identificar tais inconsistências.

Uma conhecida exceção é Koko, uma famosa gorila. Ela entende mais de mil sinais de linguagem gestual americana e 2000 palavras inglesas faladas.

Ela é tão esperta, que já provou não apenas saber usar o efeito do idioma para o humor, jogando com diferentes significados da mesma palavra. Ela também consegue entender a comédia ‘pastelão’ – ela teria assinado a palavra “perseguição” depois de amarrar os cadarços do seu treinador. Ela também emitiu ruídos de riso ao ver a dificuldade do homem diante da situação.

  Segundo senador, Nasa disse que planeta Nibiru colidirá com a Terra

O humor dos animais

Com o passar dos anos, pesquisadores perceberam vários problemas com a teoria da incongruência. Dessa forma, nos últimos anos, psicólogos apresentaram uma teoria diferente.

Eles propõem que o humor surge da chamada violação benigna ou “algo que ameaça o bem-estar, a identidade ou a estrutura de crenças normativas de uma pessoa, enquanto, simultaneamente, isso parece não ser prejudicial”.

A violação benigna pode explicar por que uma série de coisas nos fazem rir, incluindo as cócegas, por exemplo. Isto é, fazer cócegas violenta benignamente o espaço físico de alguém.

Você não pode fazer cócegas em si mesmo porque isso não constitui uma violação e estranhos completos não podem agradá-lo até o ponto de risada porque você não vai ver isso como um ato benigno.

Sob esta teoria, vários animais realmente têm “humor”, apenas porque podem ser feitos cócegas.

Pesquisas em 2009 mostraram que nossos parentes primatas – chimpanzés, bonobos, gorilas e orangotangos – produzem sons parecidos com o riso quando recebem cócegas (assim como quando estão brincando de lutar ou de perseguirem-se). Isso sugere que o humor e nossa capacidade de rir provavelmente vieram do último ancestral que temos em comum com os símios.

Em um outro estudo, de 2015, os cientistas mostraram que os chimpanzés podem fazer “risadas” silenciosas, como seres humanos. Os cães também são conhecidos por ter uma espécie de risada e ‘cara feliz’ que é sugestiva de humor.

  Maneiras bizarras que União Soviética utilizava para controlar seu povo

Surpreendentemente, nos estudos, os animais que mais demonstraram a capacidade de se divertir recebendo cócegas foram os ratos. Eles gostaram tanto da brincadeira que começaram a perseguir os dedos dos pesquisadores, pedindo por mais.

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com