Política e história: qual é o significado do símbolo antifascista?

0

Com os protestos antirracistas nos Estados Unidos, símbolos de resistência têm se levantado por lá e também no Brasil. Um deles é o símbolo antifascista, mas afinal, qual é o significado dele?

Muitas versões do emblema com duas bandeiras estão surgindo nas redes sociais, inclusive com cores e ilustrações alteradas, mas o ícone original tem toda uma história por trás.

No começo, o símbolo era diferente. Os antifascistas italianos, oposição de Mussolini, costumava usar uma bandeira vermelha com um machado quebrando um fascio littorio, um ícone romano usado pelo Duce e que originou a palavra fascismo.

O movimento que começou combatendo a política italiana da época começou a ganhar espaço na Europa com a ascensão do nazismo na Alemanha.

E foi lá que um setor do Partida Comunista Alemão, em 1932, a Antifaschistische Aktion (Ação Antifascista) começou a adotar um símbolo mais próximo com o que temos hoje, com duas bandeiras vermelhas tremulando para a esquerda, criação dos artistas Max Gebhard e Max Keilson.

O movimento cresceu no pós-guerra, em oposição a governos autoritários de extrema-direita, como a Espanha de Francisco Franco e o Portugal de António Salazar.

Com isso, em 1970, nasceu o símbolo que conhecemos hoje, com a bandeira preta simbolizando os anarquistas e a vermelha representando a esquerda, os dois grupos unidos em oposição ao autoritarismo de forma geral, que na maioria das vezes tem raízes fascistas.

A importância do conhecimento

O movimento antifascista tem em suas cores um simbolismo importante para a causa, sempre representando a união entre esquerda e anarquismo.

Por isso, muitos adeptos são contra a alteração das cores e também do simbolismo das duas bandeiras, por desvirtuar uma luta que tem suas raízes ainda no entre guerras.

Também é importante diferenciar um outro símbolo antifascista, com três setas apontando para a esquerda e inclinadas para baixo. Esse emblema surge na Rússia, em 1931, representando a Frente de Ferro, que era antinazista, antimonarquista e anticomunista.

Por isso, é bom analisar bem a sua posição política antes de sair estampando qualquer símbolo antifascista por aí.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com