Anti-estrelas: Via Láctea pode ter 14 objetos de antimatéria vagando por aí

0

Existem 14 objetos conhecidos na Via Láctea que emitem uma grande quantidade de raios gama. Eles podem ser estrelas feitas de antimatéria, ou anti-estrelas, como os cientistas têm se referido a elas.

Esses objetos estão entre os que mais emitem radiação eletromagnética em todo o universo e uma nova análise de dados mostra que eles são compatíveis com a forma estranha de matéria.

Essas estrelas feitas de antimatéria podem ser a solução para um antigo mistério da astrofísica, envolvendo a localização da antimatéria.

Essa hipótese trabalha com o princípio de que todas as partículas do universo teriam equivalentes “contrários”, que viriam a se aniquilar caso entrassem em contato. No entanto, até hoje só foram detectados vestígios de antimatéria, e não a própria.

Se esses objetos, que vem sendo chamados de anti-estrelas, forem mesmo feitos de partículas contrárias á matéria, os cientistas poderão entender melhor como localizar a antimatéria no universo.

Ela poderia ficar “escondida” em objetos como as anti-estrelas, formando estruturas que até hoje são desconhecidas, mas sobre as quais teríamos pelo menos um fio condutor para começar a procurar.

As hipotéticas anti-estrelas também surgem a partir da detecção de sua possível existência. Isto é, elas não foram exatamente encontradas, mas os raios gama emitidos por partículas de poeira que se desintegrariam ao entrar em contato com esses objetos, podem indicar que eles estão lá.

O trabalho segue, mas o indício é realmente valioso nesse caso.

Mundo invertido

A antimatéria vem sendo especulada desde fins do século XIX, com outras nomenclaturas, mas com o mesmo princípio: partículas subatômicas com polaridade inversa, que se anulariam, indicando que existe um equilíbrio no universo entre os dois tipos.

O resultado dessa anulação seria a aniquilação total de ambas, tornando antimatéria algo até perigoso, se manipulado.

No entanto, a tecnologia movida com essas partículas poderia ser a solução para a geração de energia limpa, podendo colaborar até mesmo na medicina.

Há quem acredite que armas também possam ser desenvolvidas a partir do mesmo conceito.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com