Asteroide encontrado perto de Marte pode ser destroço da formação da Lua

0

Foi descoberto um asteroide “escondido” atrás do planeta Marte. O curioso é que a composição do objeto é muito similar a da nossa Lua, indicando que ele pode ser algum tipo de destroço da formação do satélite.

Sua descoberta também pode indicar que o próprio Marte teve alguma relação com o evento, que teria acontecido há pelo menos 4,5 bilhões de anos.

A descoberta foi feita por cientistas da Irlanda do Norte e foi publicada recentemente. Ela fala sobre os chamados asteroides troianos, que acompanham as órbitas de alguns planetas como se o seguissem.

Eles possuem relação direta com a origem desses planetas e do Sistema Solar de um modo geral, por isso são considerados extremamente importantes.

O asteroide troiano descoberto em Marte era cogitado como vindo da parte mais externa do Sistema Solar, onde são mais comuns.

No entanto, ao observarem sua composição, notaram que ele se parece mais com a Lua do que com qualquer outro asteroide ou planeta, incluindo o próprio Marte, o qual segue.

Não há certeza de que o asteroide é um destroço da Lua, mas é bem provável. No início da formação do Sistema Solar, colisões e detritos eram comuns no espaço.

Esse objeto pode muito bem ter chegado até a órbita de Marte após alguma colisão maior com a Lua ou com a própria Terra, na mesma época em que o nosso satélite foi criado.

A formação da Lua

Existem algumas teorias que explicam a possível formação da Lua. A mais provável delas é que um objeto de tamanho próximo ao de Marte colidiu com a Terra ainda em formação.

Esse impacto, que teria causado um enorme estrago em ambos os corpos, gerou detritos que foram se agrupando com a ajuda do campo gravitacional terrestre, dando origem à Lua.

O impacto teria ainda causado alterações drásticas no eixo de rotação da Terra e também em sua órbita. No fim das contas, todos esses acontecimentos foram parte do que torna o planeta o que é hoje.

Marte provavelmente ficava mais perto de nós nessa época, e seu campo gravitacional também pode ter influenciado no impacto.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com