Para que exatamente serve a barba? Pesquisa pode ter descoberto

0

A barba acabou se tornando um acessório de moda e beleza nos homens, mas ela parece ter uma função muito mais simples, como mostrou um estudo.

Os pelos faciais que crescem da mandíbula, das bochechas e também do lábio superior, formando o popular bigode, podem estar ali mais para a segurança do homem do que para deixa-lo com aquele visual de lenhador.

De acordo com um grupo de biólogos da Universidade de Utah, nos Estados Unidos, o principal motivo da existência da barba no rosto dos machos da nossa espécie é proteger de impacto, digamos, de um potente e bem dado soco. Felizmente, ninguém se feriu para que essa pesquisa fosse feita.

Os biólogos usaram manequins cobertos com lá e pele de ovelha em diferentes níveis, que foram submetidos à queda de objetos pesados, simulando um soco.

Ao medirem o impacto causado pela pancada, os cientistas notaram que os rostos que estavam cobertos por uma barba mais densa conseguiram absorver a energia do golpe de forma mais eficiente do que os que tinham pouca ou nenhuma barba.

A absorção de energia por parte dos bonecos barbados foi até 37% maior, ou seja, eles “sentiram” menos o “pombo sem asa”.

A razão disso é essencialmente a barba, já que os fios, grossos e pouco lisos, acabam funcionando como um protetor, recebendo o impacto antes do rosto e tornando o soco mais leve quando ele atinge o alvo, efetivamente.

Uma porrada de possibilidades

O estudo conduzido em Utah ainda está em seus primeiros estágios, mas abre possibilidades interessantes em relação à barba.

Os cientistas acreditam que ela pode ser um sinal de seleção natural, tornando o homem mais resistente a brigas. Até mesmo a juba do leão pode ter uma motivação similar, entre outras.

Isso também pode explicar a fama dos vikings e guerreiros nórdicos da Idade Média, conhecidos por suas barbas de respeito.

Conhecidos como guerreiros temíveis e muito resistentes no mano a mano, a barba pode ter sido um fator importante em sua resistência, talvez até poupando algumas mandíbulas de se quebrarem em meio a uma clássica briga de taverna.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com