Baterias de recarga ‘instantânea’ podem mudar o futuro de carros híbridos

0

Uma tecnologia desenvolvida pelos pesquisadores da Universidade de Purdue poderia fornecer um método de “recarga instantânea” que seria seguro, acessível e amigável ao meio ambiente para recarregar baterias de veículos elétricos e híbridos através de um processo rápido e fácil.

A inovação poderia acelerar a adoção de veículos elétricos e híbridos, eliminando o tempo necessário para parar e recarregar a bateria de um carro elétrico convencional e reduzir drasticamente a necessidade de novas infra-estruturas para suportar as estações de recarga.

John Cushman, professor da Universidade de Purdue, de ciência atmosférica e planetária, apresentou os resultados da pesquisa “Reações de Redox em fluidos imiscíveis em meios porosos – aplicações de bateria sem membrana” na recente 9º Conferência Internacional da ‘International Society for Porous Media’ em Roterdã, Países Baixos.

“As vendas de veículos elétricos e híbridos estão crescendo em todo o mundo e a popularidade de empresas como a Tesla é incrível, mas continua a ter fortes desafios para indústria e consumidores de carros elétricos ou híbridos”, disse Cushman, que liderou a equipe de pesquisa que desenvolveu a tecnologia.

“O maior desafio para a indústria é prolongar a vida da carga de uma bateria e a infra-estrutura necessária para realmente carregar o veículo. O maior obstáculo para os motoristas é o compromisso do tempo para manter seus carros totalmente carregados”, afirmou o professor. 

Cushman co-fundou Ifbattery LLC (IF-bateria) para desenvolver e comercializar a tecnologia, que poderia oferecer uma solução diferente para o problema dos carros elétricos atuais, que precisam de locais convenientes para portas de carregamento.

“Projetar e construir o suficiente dessas estações de recarga requer um enorme desenvolvimento de infra-estrutura, o que significa que o sistema de armazenamento e distribuição de energia está sendo reconstruído a um custo enorme para acomodar a necessidade de recarga de bateria local contínua”, disse Eric Nauman, co-fundador da Ifbattery e professor de engenharia mecânica, ciências básicas e engenharia biomédica na Purdue.

Um sistema inovador de baterias

“Ifbattery está desenvolvendo um sistema de armazenamento de energia que permitiria que os motoristas preenchessem seus veículos elétricos ou híbridos com eletrólitos fluidos para reativar os fluídos da bateria usados, como reabastecer seus tanques de gás”.

Os fluídos ou eletrólitos da bateria gastada podem ser coletados e levados para uma fazenda solar, instalação de turbinas eólicas ou usinas hidrelétricas para que fossem recarregados.

“Em vez de refinar o petróleo, as refinarias reprocessariam os eletrólitos usados e, em vez de dispensar gás, as estações de abastecimento dispensariam uma solução de água e etanol ou metanol como eletrólitos fluidos para alimentar veículos”, disse Cushman.

“Os usuários poderiam depositar os eletrólitos usados em postos de gasolina, que seriam enviados em massa para fazendas solares, instalações de turbinas eólicas ou usinas hidrelétricas para sua reconstituição ou recarga dos eletrólitos viáveis, que podem ser reutilizados muitas vezes”.

“A nossa tecnologia está quase preparada para a maioria dos sistemas de tubagens subterrâneas, sistemas de transporte ferroviário e de caminhões, postos de gasolina e refinarias [existentes atualmente]”.

Mike Mueterthies, professor de doutorado e assistente de pesquisa em física e terceiro co-fundador da Ifbattery, disse que o sistema de bateria de fluxo tornam o sistema Ifbattery único.

“Existem outras baterias de fluxo, mas somos as primeiras a remover membranas que reduzem os custos e prolongam a vida da bateria”, disse Mueterthies. A bateria sem membranas da Ifbattery também demonstra outros benefícios.

“A incrustação de membrana pode limitar o número de ciclos de recarga e é um contribuidor conhecido para muitos incêndios de bateria”, afirmou Cushman. 

“Os componentes da Ifbattery são seguros o suficiente para serem armazenados em uma casa familiar, são estáveis o suficiente para atender aos principais requisitos de produção e distribuição e são econômicos”.

Ifbattery licenciou parte da tecnologia através do Purdue Research Foundation Office of Technology Commercialization e desenvolveu patentes próprias. A empresa é membro da Purdue Startup Class de 2017.

Fonte: Sciencedaily

  Marte ou Lua? Cientistas debatem sobre o próximo destino do homem no espaço

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com