Brasil é líder em casos de depressão em toda a América Latina

1

Cerca de 5,8% da população brasileira sofre de depressão – um total de 11,5 milhões de casos registrados no país. Os dados são da Organização Mundial da Saúde (OMS).

O índice é o maior na América Latina e o segundo maior nas Américas. O país fica atrás apenas dos Estados Unidos, que registram 5,9% da população com o transtorno e um total de 17,4 milhões de casos.

De acordo com a OMS, o número de pessoas vivendo com depressão está aumentando – 18,4% entre 2005 e 2015. A estimativa é que, atualmente, cerca de 322 milhões de pessoas de todas as idades sofram com a doença em todo o mundo.

O órgão alertou que a depressão é a principal causa de incapacidade laboral no planeta e, nos piores casos, pode levar ao suicídio.

Outros países

00-planeta-terra-mundo

O levantamento mostra que, além do Brasil e dos Estados Unidos, países como Ucrânia, Austrália e Estônia também registram altos índices de depressão em sua população – 6,3%, 5,9% e 5,9%, respectivamente.

Entre as nações com os menores índices do transtorno estão Ilhas Salomão (2,9%) e Guatemala (3,7%). A prevalência na população mundial, segundo a OMS, é 4,4%.

Tratamento

Doctor signing a medical report in his office

Existem tratamentos efetivos para a depressão. O problema é que menos da metade das pessoas afetadas pela condição no mundo – e, em alguns países, menos de 10% dos casos – recebe ajuda médica.

As barreiras incluem falta de recursos, falta de profissionais capacitados e o estigma social associado a transtornos mentais, além de falhas no diagnóstico.

Veja também:   Dieta a base de batata frita deixa adolescente cego; entenda

Veja também:
Usar redes sociais em festas de fim de ano pode gerar depressão
30 impressionantes curiosidades sobre o estresse

Discussion1 Comentário

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com