Empresa quer colocar carros voadores em ruas do Japão até 2023

0

Carros voadores foram durante muito tempo o símbolo de um futuro distante, mas eles podem estar mais próximo do que imaginamos.

Apesar de serem “prometidos” pela ficção em meados dos anos 2000, já estamos 20 anos atrasados e uma empresa japonesa pretende acabar com isso de forma rápida, colocando esses veículos voadores no mercado até o ano de 2023.

A SkyDrive Inc é uma empresa de tecnologia do Japão que acabou de desenvolver um protótipo de carro voador, chamado de SD-03.

Esse protótipo foi testado recentemente no mesmo local utilizado pela montadora Toyota para testar seus veículos e obteve um ótimo desempenho. Ele voou a cerca de 2 metros do solo e carregou uma pessoa sem maiores dificuldades.

Veja:

O SD-03 é um chamado VTOL, sigla que identifica aeronaves que decolam e pousam totalmente de forma vertical, como a maioria dos helicópteros comuns.

Ele pode ficar no ar por um período variável de 5 a 10 minutos, mas os desenvolvedores pretendem aumentar essa autonomia para cerca de 30 minutos. A velocidade dele pode chegar a 65 quilômetros por hora.

Para os executivos da SkyDrive, assim que esses números forem alcançados, os carros voadores poderão ser comercializados.

A meta fixada pela empresa é o ano de 2023, o que é muito perto, comparado com o que já esperamos até agora. Será que é dessa vez que o futuro realmente vai começar?

Individual ou coletivo

O modelo da SkyDrive é designado para transporte individual, ou de poucas pessoas, em áreas urbanas.

Ele tem o tamanho próximo ao de um carro comum, podendo ser pilotado por qualquer pessoa sem grandes dificuldades, já que sistemas digitais ajudam a manter a estabilidade do voo, bem como a segurança, controlando e monitorando os 8 motores do veículo.

No entanto, existem outras empresas desenvolvendo carros voadores.

A montadora Hyundai, em parceria com a Uber, trabalha atualmente no S-A1, veículo que serviria como táxi aéreo carregando 5 pessoas e voando a uma altura de 300 a 600 metros de altitude, bem mais alto do que a ideia do SD-03, que deve chegar a poucas dezenas de metros.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com