Cidades do Paraná registram tremores de terra durante a madrugada

0

O Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP) registrou na madrugada desta segunda-feira, 18, tremores de terra em duas cidades do Paraná. O mais forte, de 5,1 graus na escala Richter, atingiu o município de São Jerônimo da Serra, a 340 quilômetros de Curitiba. Pouco antes, outro abalo de 4,5 graus foi registrado em Rio Branco do Sul, a 29 quilômetros da capital.

Moradores de Rio Branco do Sul relataram pelas redes sociais como foi o momento do abalo. “Foi uma explosão muito forte, seguido do tremor”, escreveu no Twitter o internauta João Cesar. Não havia registros de danos causados pelo tremor até a publicação desta reportagem.

Esse não é o primeiro abalo de terra que atingiu o País neste ano. No começo do mês, um tremor de 2,2 graus na escala Richter foi registrado em Montes Claros, cidade localizada na região norte de Minas Gerais. Só em 2017, a Montes Claros foi atingida mais sete vezes por abalos de terra. O mais forte aconteceu em fevereiro e teve 2,3 graus.

Apesar do que é dito comumente, o Brasil já registrou, sim, terremotos em sua área. No entanto, apenas dois ultrapassaram 6 graus na escala Richter. Ambos aconteceram no ano de 1955: um deles, em Porto dos Gaúchos (MT), atingiu 6,2 graus, enquanto o outro, em Vitória (ES), chegou a 6,1 graus. Como ocorreram em áreas pouco habitadas ou com epicentros mais distantes, os fenômenos não ocasionaram mortes ou danos materiais.



Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com