Cientistas encontram planta “alienígena” desaparecida há 150 anos

0

Você já ouvi falar da planta de nome científico Thismia neptunis? Com certeza não. Ela costuma viver debaixo da Terra, em florestas e selvas remotas da Malásia, e suas flores só ficam visíveis durente algumas poucas semanas durante o ano. E outro motivo para isso é que ela ficou desaparecida por mais de 150 anos até ser vista novamente.

O que chama a atenção nessa misteriosa planta de aparência alienígena, além de mais parecer uma flor, é que ela foi encontrada pela primeira vez em 1866, pelo botânico italiano Odoardo Beccari. Ele ficou conhecido por ter descoberto várias outras espécies de plantas e encontrou a Thismia neptunis na estado de Sarawak, no sudeste da Malásia. Só que desde então, ninguém mais a viu por mais de um século e meio.

Ela só foi ser vista novamente ano passado, 151 anos após sua descoberta, por um grupo de cientistas da República Tcheca, que realizavam buscas na mesma área. Os especialistas acreditam que ela ficou sumida por tanto tempo devido ao seu tamanho: apenas 9 centímetros e por estar em áreas de acesso remoto.

plantas-alienígena intro

“De nosso conhecimento, essa é apenas a segunda vez que a espécie é vista. Nós fizemos a sua primeira descrição, incluindo características internas, e fizemos o primeiro registro fotográfico dessa icônica e, por conta de sua aparência peculiar e nome, quase mística planta”, disseram os pesquisadores.

Só que os cientistas não estão animados apenas por conta de sua raridade, já que ela também possui uma característica bem peculiar.

Veja também:   Terremoto no oceano Atlântico pode causar tsunami no Brasil?

A T.neptunis faz parte do grupo de plantas conhecidas como mico-heterotróficas, que se alimentam a partir de uma associação com fungos, ao invés de fazer a fotossíntese a partir da luz do sol. Por conta disso, elas não possuem folhas, e, claro, não necessitam de clorofila para sobreviver.

O que também chama a atenção na descoberta é que os desenhos feitos por Odoardo Beccari eram extremamente precisos. Confira um deles abaixo:

plantas-alienígena 1

O estudo foi publicado no site Phytotaxa.

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com