Como microdoses de LSD podem fazer bem à saúde, segundo estudo

0

Essa hipótese foi debatida durante muito tempo, mas finalmente cientistas encontraram evidências de que microdoses de LSD fazem bem para a saúde. De acordo com o estudo, realizado na Universidade de Macquarie, na Austrália, doses bem pequenas do alucinógeno podem até mesmo ajudar as pessoas a lidarem com as pressões do dia-a-dia no trabalho, por exemplo.

Segundo Vince Polito, um dos atores do estudo, a pesquisa vem preencher uma lacuna científica quando o assunto é microdoses. “Existem milhares de novas histórias e relatos pessoais online que descrevem uma grande variedade de benefícios associados com as microdoses, mas há muito pouca evidência científica sobre o assunto”, afirmou o pesquisador.

Os cientistas realizaram dois testes distintos para chegar até as evidências. No primeiro experimento, 63 pessoas receberam microdoses de LSD diárias por seis semanas e tiveram alguns aspectos comportamentais analisados durante esse tempo, como humor, foco e ansiedade. No segundo teste, 263 pessoas expuseram opiniões pré-concebidas sobre o uso de LSD em microdoses.

A principal informação que os pesquisadores puderam observar é que a reação das pessoas submetidas à microdoses foi bem diferente do que o segundo grupo de pessoas tinha como opinião sobre o alucinógeno. Pesquisas como essa provam, mais do que nunca, o velho ditado que diz que a diferença entre o veneno e o antídoto está na dose. Nesse caso, na microdose.

Sem viagens

As 263 pessoas que deram suas opiniões sobre o uso de microdoses de LSD pensavam, em sua grande maioria, que embora a quantidade consumida da substância fosse minúscula, os efeitos alucinógenos seriam fortes e muito perceptíveis não só para os usuários, mas também para as pessoas que convivem come eles.

Veja também:   Pasta nuclear: conheça o material mais duro já encontrado no universo

O experimento provou o contrário. A microdose de LSD ajudou os usuários a focarem em suas tarefas diárias e aliviou consideravelmente o stress causado pelos afazeres diários no trabalho. Nenhum dos participantes do teste relatou a ocorrência de alucinações.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com