Covid-19: OMS ainda tenta descobrir a origem da pandemia; entenda

0

A Organização Mundial da Saúde (OMS) está tentando traçar a origem da pandemia de Covid-19 e parece haver ainda um longo caminho a seguir.

No começo de tudo, surgiram várias teorias dadas como certas envolvendo morcegos e até pangolins, mas a verdade é que sabemos menos do que muitos imaginam e cientistas chineses ainda estão tentando descobrir os rastros do problema.

Sabe-se que a covid-19 surgiu em Wuhan, no sul da China, e é lá que os esforços dos pesquisadores estão focados. No entanto, quanto a origem zoonótica, isto é, o animal que acabou transmitindo de alguma forma o vírus para os humanos, o mistério continua.

O diretor geral da OMS, Tedros Adhanom, diz que “todas as hipóteses permanecem em jogo” quanto a essa origem.

Em relação à data da origem, os dados também são incertos. Foram feitas pesquisas para mapear infecções anteriores a dezembro de 2019, analisando desde relatórios médicos de doenças respiratórias até a venda de medicamentos para tratar esse tipo de problema.

Mas os dados são inconclusivos e por enquanto, o final de 2019 permanece como início oficial da pandemia, mesmo não sendo tão preciso.

Nem mesmo o local de origem da pandemia é totalmente certo. O mercado de Huanan, em Wuhan, foi dado como “marco zero” da contaminação, mas estudos mais recentes da OMS mostraram que as carnes exóticas vendidas ali e a quantidade de pessoas circulando em meio a tudo isso não possuem relação com a expansão da Covid-19 por todo o mundo.

Leave the pangolins alone!

O novo coronavírus foi frequentemente relacionado aos morcegos e aos pangolins no início da pandemia. Como a carne desses animais é vendida no mercado de Huanan, foi “fácil” traçar o caminho da infecção até eles, mas infelizmente, a coisa não é tão simples assim.

Novos estudos da OMS mostraram que há pouca relação entre os microrganismos encontrado nesses animais e o coronavírus que causa a Covid-19.

A análise de alguns dos primeiros contaminados em Wuhan mais confunde do que esclarece. Tanto que alguns pesquisadores acreditam que podem ter havido várias origens simultâneas, que acabaram resultando no vírus que todos conhecemos tão bem hoje.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com