De imunidade a longevidade: 10 povos ao redor do mundo que têm ‘superpoderes’

0

Quem aí não gostaria de ter superpoderes como acontece nos quadrinhos? Só que apesar dessas habilidades estarem restritas à ficção, você sabia que alguns povos ao redor do mundo realmente possuem “poderes” que lhes permitem conseguir realizar alguns feitos extraordinários?

Já imaginou ter imunidade a várias doenças? Longevidade? E ficar sem respirar debaixo d’água por muito tempo?

Confira abaixo 10 povos ao redor do mundo que têm “superpoderes.”

10) Os Kalenjin do Quênia são ótimos maratonistas

Fonte: Aalexej
Fonte: Aalexej

Todos já sabemos que os melhores maratonistas do mundo são os quenianos. O que poucas pessoas sabem é que muitos desses corredores pertencem à mesma tribo no país, os Kalenjin.

Muitos cientistas e analistas esportivos já explicaram por que seus membros são ótimos maratonistas e a culpa é da genética.

Os Kalenjin possuem tornozelos e panturrilhas pequenos e uma estatura magra, o que é considerado perfeito para correr uma maratona. O motivo é que essas características físicas permitem ao corredor salvar um pouco mais de energia que os demais.

9) Os Bajau da Indonésia conseguem prender a respiração por um tempo longo

Fonte: The Telegraph
Fonte: The Telegraph

Os Bajau, que vivem na Indonésia, são chamados de nômades ou ciganos do mar, já que conseguem permanecer diversos minutos debaixo d’água sem respirar. Os membros mais experientes desse povo ficam até 13 minutos sem respirar antes de retornar para a superfície, o que lembrar os superpoderes de heróis como o Aquaman e Namor.

Pesquisadores da Universidade de Cambridge descobriram que os membros do povo Bajau conseguem esse feito por um simples fato: seus baços são 50% maiores que o normal.

Muitos cientistas acreditam que o baço tem um papel importante no momento em que mergulhamos, pois o órgão é capaz de liberar oxigênio para nosso corpo nesta situação.

8) Os Moken da Indonésia conseguem enxergar debaixo d’água

Fonte: BBC
Fonte: BBC

Mais um dos vários povos que habitam a Indonésia, os Moken tem uma habilidade semelhante com a dos Bajau: eles conseguem enxergar muito bem debaixo d’água.

Veja também:   Cientistas brasileiros calculam possibilidade de vida extraterrestre

A habilidade, no entanto, só ocorre durante a infância. Igual os Bajau, os Moken também são considerado nômades do mar.

Em 1999, a pesquisadora Anna Gislen, da Universidade de Lund, na Suécia, viajou até o local para estudar as crianças desse povo e percebeu que a visão delas, debaixo d’água, é duas vezes melhor que a de qualquer pessoa. Nem mesmo os adultos Moken conseguiam tal feito.

Gislen notou que as crianças tinham essa habilidade por que elas eram capazes de mexer as pupilas e modificar o formato das lentes dos seus olhos, dois fatores fundamentais na hora de você enxergar debaixo d’água.

7) Os Sherpas do Nepal são ótimo escaladores de montanhas

Fonte: npr.org
Fonte: npr.org

Escalar o Everest, a montanha mais alta do mundo, é um desafio para poucas pessoas. No entanto, essa é uma tarefa fácil para o Sherpas, que conhecem o local melhor do que ninguém. Tanto que qualquer um que decide escalar o Everest é acompanhado por um sherpa.

Os membros desse povo são bons escaladores por que seus corpos conseguem gerenciar o oxigênio muito bem em grandes altitudes. E isso não chega a ser uma surpresa, já que eles vivem no local há mais de 6 mil anos. Ou seja, tiveram tempo de sobra para se adaptar ao Everest.

Em altitudes maiores, o oxigênio se torna menor. Assim, para compensar, o sangue produz mais hemácias para levar o oxigênio para nosso corpo, o que explica essa habilidade quase única dos Sherpas que lembra alguns superpoderes da ficção.

6) Equatorianos que sofrem com a Síndrome de Laron são imunes ao câncer e a diabetes

Fonte: nbc news
Fonte: nbc news

A Síndrome de Laron é um distúrbio que afeta o funcionamento dos hormônios do crescimento e causa nanismo em seus portadores. Ela é muito comum em um povoado do Equador. Mas o médico Jaime Guevara-Aguirre notou que muitos dos seus membros que tinham a condição eram imunes ao câncer e diabetes.

Veja também:   Sonda da Nasa chega com sucesso a menor asteroide já explorado

O lado irônico dessa história é que os integrantes que não tinham a condição continuavam suscetíveis às duas doenças. Guevara-Aguirre se juntou ao médico Valter Longo, da Universidade do Sul da Califórnia, e fizeram um sérum com células de membros que tinham a síndrome.

E milagrosamente, esse sérum conseguiu destruir células cancerígenas em testes. As razões por trás disso ainda são desconhecidas.

5) Alguns membros dos Fore, de Papua Nova Guiné, são imunes ao Kuru e a Doença da Vaca Louca

fonte: npr.org
fonte: npr.org

Kuru é o nome de doença cerebral que costuma ser mortal e afetava integrantes dos Fore, um dos povos que compõem Papua Nove Guiné.

No passado, eles tinham o hábito de comer os cérebros de membros falecidos, mas era justamente isso que causava o Kuru. Assim, precisaram abandonar esse costume.

No entanto, hoje em dia, os Fore se tornaram imunes à doença, incluindo até mesmo outras enfermidades, como a Doença da Vaca Louca. A razão por trás disso é que em 60 anos, houve uma mudança nos genes de alguns membros. Já aqueles que não têm registros de parentes que tiveram Kuru ainda correm risco.

4) Os Tsimane da Bolívia são praticamente imunes a doenças cardíacas

Fonte: The Telegraph
Fonte: The Telegraph

Os Tsimane, que moram na Bolívia, possuem os menores índices mundiais de doenças cardíacas. Pesquisas feitas entre os anos de 2004 e 2015 revelaram que 90% dos membros desse povo tinham artérias limpas, bem como baixos índices de colesterol, pressão arterial e açúcar no sangue. Superpoderes que muitos por aí gostariam de ter, não é mesmo?

Os pesquisadores atribuíram esses superpoderes ao Tsimane por conta de sua dieta e estilo de vida. Eles só comem os chamados carboidratos bons, acompanhados de pouca gordura e proteínas. Sem falar que eles são bem ativos e trabalham por horas, já que costumam caçar animais e pescar peixes para sua alimentação.

3) Os Hmong da China se comunicam por assobios

Fonte: BBC
Fonte: BBC

Por viverem em regiões montanhosas de difícil acesso, como no Himalaia, os Hmong aprenderam a se comunicar uns com os outros por meio de simples assobios.

Veja também:   Cientistas criam combustível que armazena energia solar por anos

Os Hmong fazem isso para conversarem uns com os outros e até mesmo para mandar mensagens de amor. No entanto, eles ainda continuam sem saber quem foi que enviou o assobio, já que eles não são identificáveis como nossas vozes.

Outros povos ao redor do mundo também aprenderam a se comunicar desta forma, como um povoado que mora nas Ilhas Canárias e algumas tribos indígenas da Amazônia.

2) Alguns aborígenes australianos possuem uma visão excelente

superpoderes-povos 9
fonte: australia-tour.com.au

Os aborígenes australianos são conhecidos por terem uma visão excelente, que chega a ser quatro vezes melhor que a de uma pessoa comum, o que realmente lembra alguns dos superpoderes de heróis dos quadrinhos.

Muitos aborígenes, inclusive, trabalham para o exército australiano, já que conseguem enxergar alvos a distâncias muito longas. Eles também costumam ser empregados para trabalhos em alto mar, já que conseguem avistar barcos pesqueiros ilegais e embarcações com imigrante irregulares de longe.

Pesquisadores acreditam que eles têm essa habilidade por conta da natureza caçadora de seus antepassados. No entanto, esse superpoder tem diminuído aos poucos entre os membros dessa tribo indígena.

1) Os moradores da Ilha de Okinawa, no Japão, vivem mais de 100 anos

Fonte: The Guardian
Fonte: The Guardian

Os residentes da famosa Ilha de Okinawa, no Japão, conseguem viver facilmente além dos 100 anos. Tanto que o local possui a maior concentração de centenários do planeta.

O segredo da longevidade do povo de Okinawa é sua dieta saudável, que inclui muitos grãos, soja, tofu, vegetais, batata doce, peixe, lula e polvo.

No entanto, esses índices estão caindo com o passar dos anos por conta da chegada das redes de fast food na ilha, que também possui uma enorme base do exército dos EUA.

Fonte: Listverse



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com