De Pato Donald a Peter Pan: 10 personagens da Disney com histórias polêmicas

0

Podemos dizer, sem dúvidas, que a Disney é a maior empresa de entretenimento do planeta. Famosa por seus filmes, ela costuma ser idealizada por seus filmes voltados para a família. No entanto, ela nunca foi politicamente correta em toda a sua história.

No passado, muitos de seus filmes abordavam questões consideradas polêmicas, especialmente o racismo, o que afetou alguns de seus personagens. Por mais que isso tenha mudado, é uma pequena mancha na história da empresa.

Confira abaixo 10 personagens da Disney com histórias polêmicas.

10) Jessica Rabbit

disney-polêmicas 1

Nada melhor do que iniciar a lista com uma escolha óbvia: Jessica Rabbit, uma das estrelas de Uma Cilada Para Roger Rabbit. Até hoje, muitas pessoas se perguntam como que a Disney permitiu que ela aparecesse em um filme com seus personagens. Muito pelo fato de ser uma personagem extremamente sexualizada e ser casada com um coelho.

As polêmicas foram tantas que a Disney precisou editar algumas cenas de Jessica Rabbit para o lançamento da versão doméstica do filme.

9) Os corvos de Dumbo

O principal corvo do grupo de corvos do filme Dumbo se chama Jim Crow. Essa era o nome das leis promulgadas nos estados do sul dos EUA que tornaram legais as segregações raciais nesses locais. Na época do lançamento do longa, esses animais também eram associados com estereótipos racistas.

E tudo isso aconteceu em meio a um filme que lida justamente com a aceitação de diferenças. Tudo bem que os corvos estão entre os poucos personagens que são amigos de Dumbo, mas nomear um deles como Jim Crow foi uma escolha triste. Não é a toa que eles, até o momento, estão ausentes do filme com atores reais de Dumbo.

8) Os gatos siameses de A Dama e o Vagabundo

Agora, vamos fazer uma série de itens envolvendo personagens da Disney que são gatos. O primeiro é o longa A Dama e o Vagabundo, em que uma dupla de gatos siameses eram os vilões do filme.

Veja também:   Você sabia que o futebol feminino já foi proibido no Brasil? Entenda

O problema é que eles foram retratados com diversos estereótipos asiáticos, como dentes salientes e olhos puxados, enquanto cantavam canções que só reforçavam esse racismo, enquanto destruíam algumas coisas para colocar a culpa na Dama.

7) Os gatos siameses de Aristogatas

O segundo exemplo foi retratado no filme Aristogatas, em que um gato siamês é visto tocando um piano com um par de pauzinhos, naquela famosa cena da dança. Sim, se tratava de um personagem de pouco destaque, mas ele foi animado de uma forma semelhante aos gatos de A Dama e o Vagabundo.

Isso sem contar que o gato, mesmo com poucas falas, ainda faz uma brincadeira infeliz com os conhecidos biscoitos da sorte.

6) Os gatos siameses de Tico e Teco e os Defensores da Lei

disney-polêmicas 2

Por fim, a Disney fez outra menção negativa a asiáticos com os também gatos siameses da famosa série de TV Tico e Teco e os Defensores da Lei. Neste caso, os animais foram retratados como chefes de uma organização criminosa.

E o que diferencia esse caso dos outros dois é que o show de TV foi exibido no início dos anos 90, época em que essas polêmicas começaram a ser evitadas pela Disney. Por conta disso, muito se perguntam como que isso acabou passando batido e exibido normalmente.

5) A Ruiva de Piratas do Caribe

disney-polêmicas 3

A atração dos Piratas do Caribe na Disneylândia já gerou algumas polêmicas nos seus 50 anos de história. Só que a mais famosa de todas é a cena em que piratas tentam vender noivas em um leilão, especialmente uma que é ruiva. Nos últimos anos, ela foi removida de quase todas as versões do passeio e substituída pela primeira mulher pirata da atração.

Veja também:   Por que é impossível obter energia infinita? Entenda

E, claro, foi uma decisão que dividiu muitas pessoas. Muitos parabenizaram a Disney pelo fato de incluir uma pirata feminina, já que várias existiram na história. Já outros acharam a medida desnecessária, já que a atração foi uma das últimas a ser incluída nos parques pelo próprio Walt Disney antes de ele morrer.

4) Os indígenas de Peter Pan

Esse é um caso que não é exatamente culpa da Disney, mas sim da história original, em que vários indígenas nativos dos Estados Unidos são representados de forma pejorativa, independente da versão da história. Eles são abordados como pessoas violentas e primitivas, especialmente se comparados com as crianças inglesas que aparecem no conto.

O filme feito pela Disney, inclusive, possui uma canção bastante pejorativa com relação aos indígenas. Com certeza, ela deve ser eliminada de qualquer adaptação futura da história.

3) Pato Donald

O Pato Donald é, talvez, o personagem mais conhecido da Disney após o Mickey Mouse. Mas nem ele escapou de ficar envolvido em uma história polêmica e famosa.

Como você já deve ter visto na internet, o Pato Donald foi estrela de um curta metragem em que ele esteve envolvido com o regime nazista. O pequeno filme foi feito como uma espécie de propaganda para dar apoio ao exército americano e ainda ganhou um Oscar.

Mesmo assim, a animação ficou cercada de polêmicas, sem contar o fato de que é muito estranho e bizarro ver o Pato Donald cercado de imagens nazistas.

2) O Pássaro Laranja

disney-polêmicas 4

Nos primeiros anos de seus parques, a Disney criou o Pássaro Laranja, criado para a Comissão de Citrus da Flórida (uma espécie de cooperativa de produtores de laranja do estado), em troca de um acordo de patrocínio para a atração Enchanted Tiki Room.

Veja também:   Por que imprimir mais dinheiro não é a solução para a economia

O personagem se tratava de um pássaro mudo que tinha uma laranja como cabeça e falava assoprando bolhas. Ele era um sucesso entre o público e algumas canções sobre ele foram escritas pelos Irmãos Sherman e cantadas por Anita Bryant.

No entanto, a cantora se envolveu em uma polêmica ao se opor a um movimento a favor da homossexualidade na Flórida. Isso gerou um boicote contra a cooperativa e por consequência, do Pássaro Laranja. Ele foi retirado dos parques da Disney em 1986.

Ele acabou reintroduzido na Disneylândia de Tóquio em 2004 e voltou a ser um sucesso. Como a polêmica acabou sendo esquecida com o tempo, o Pássaro Laranja voltou a se tornar uma atração dos parques da Disney.

1) Tio Remus

Você, provavelmente, jamais ouviu falar desse personagem da Disney. Tio Remus faz parte do filme A Canção do Sul, o primeiro longa metragem da Disney que misturou animação com atores reais. O título chegou a ganhar um Oscar e inspirou uma das atrações mais famosas dos parques da empresa, que é a Splash Mountain.

No entanto, o filme é cercado de polêmicas por ser considerado extremamente racista, pois é acusado de glorificar a escravidão, já que Tio Remus é um homem negro que vive próximo a uma plantação, sem contar os vários estereótipos que são abordados. A Disney alega que o filme se passa após o fim da escravidão nos EUA, mas não existe nenhuma menção a esse fato no longa.

Por conta disso, o filme nunca foi lançado domesticamente pela Disney desde sua estreia nos cinemas em 1946.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com