Egito não é o país com o maior número de pirâmides

0

Graças aos filmes, quando a maioria de nós criamos uma imagem mental de uma pirâmide, automaticamente, nos transportamos para o Egito, onde essas tumbas maciças e triangulares são praticamente sinônimo do próprio país.

Mas existe um problema – apesar de muitos de nós acreditarmos nisso, o Egito não é a capital mundial das pirâmides, nem mesmo do norte da África. Essa honra pertence a seu vizinho mais ao sul, Sudão.

Sim, o país com o maior número de pirâmides do mundo é o Sudão, e isso não é um exagero com base em uma minima diferença em quantidade, pois o Sudão tem entre 200 à 255 pirâmides conhecidas, em comparação, o Egito tem 138 piramides conhecidas. Outro fato curioso, é que as pirâmides do Sudão não foram construídas por antigos egípcios que poderiam ter vagado mais ao sul.

Ao contrário do que muitos pensam, as pirâmides no Sudão foram construídas por membros do Reino de Kush, uma civilização antiga que governou áreas ao longo do rio Nilo de 1070 a.C. à 350 d.C.

Embora os kushitas tenham começado a construção de suas pirâmides cerca de 500 anos depois dos egípcios, ambas as culturas tinham o mesmo costume de sepultar seus mortos sob elas.

Assim como os egípcios, os kushitas tinham a tradição de sepultar suas realezas sob altas pirâmides (presumivelmente, para ajudar suas almas a alcançarem os céus) mas, estruturalmente, elas são bem diferentes. Para começar, as chamadas pirâmides nubianas (devido a Núbia, uma região situada no vale do rio Nilo) são muito mais íngremes e mais estreitas, e elas foram construídas a partir de “pedras pisadas”, ao contrário das pirâmides egípcias que são mais largas e tem a superfície lisa.

Os tamanhos das pirâmides também diferem muito. As pirâmides médias Kushitas tem aproximadamente de 6 à 30 metros de altura, enquanto as pirâmides médias egípcias tem aproximadamente 138 metros de altura.

  10 perguntas que você sempre quis saber a resposta

Uma das maiores concentrações de pirâmides Kushitas está localizada em Meroé, uma antiga cidade situada a margem leste do rio Nilo. Só esta cidade contém cerca de 200 das 255 pirâmides do país, o que sugere que, em algum momento, Meroé era uma metrópole próspera.

Apesar dos historiadores saberem quem as construiu e em torno de qual período de tempo, eles ainda têm um monte de perguntas sobre estas pirâmides sudanesas que ainda carecem de uma resposta satisfatória.

Quanto tempo demorou para elas serem erguidas? Quais métodos foram usados? E se estes métodos foram os mesmos empregados pelos egípcios? O que aconteceu com essa sociedade como um todo? Bem, por enquanto ninguém tem certeza.

A boa notícia é que equipes de arqueólogos tem atualmente trabalhando em Meroé para descobrir isso. Uma das ferramentas tecnológicas que os arqueólogos tem usado na pesquisa de campo, são varreduras feitas por drones.

Como mostra a National Geographic neste vídeo:

Além do Egito não ser o país com o maior números de pirâmides, ele também não detêm a maior pirâmide do mundo. Já que existe recorde pertence a Grande Pirâmide de Cholula, que fica escondida dentro de uma montanha no México.

Apesar disso tudo, as pirâmides egípcias ainda continuaram sendo, digamos, o centro das atenções, pelo menos na cultura pop. Mas ainda temos muito a aprender sobre os segredos que as pirâmides escondem, sejam elas do Egito ou do Sudão.

  Os atos mais perversos cometidos pela Ku Klux Klan
Fonte



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com