A estrada mais perigosa do mundo fica na Bolívia; conheça

0

Se você vive reclamando dos buracos e más condições nas ruas e estradas brasileiras, deveria fazer uma viagem pela estrada mais perigosa do mundo, que fica na Bolívia. Ela não tem esse título a toa: conhecida como “caminho da morte”, ou “estrada da morte”, a estrada Camino a los Yungas atrai turistas por si só: a grande aventura é chegar vivo até o final, sem cair nos enormes precipícios ao redor.

O Camino a los Yungas sobe uma montanha de 4700 metros da forma mais íngreme possível. São apenas 3 metros de largura que separam a segurança da estrada de precipícios gigantescos. Ela foi declarada a estrada mais perigosa do mundo em 1990 e, por incrível que pareça, desde que ganhou esse título, só atraiu cada vez mais e mais turistas, daqueles que adoram passar por um perigo para relaxar.

São apenas 64 quilômetros de extensão, mas o caminho é realmente mortal. Até 2007, quando uma via alternativa e mais segura foi implantada, a estrada registrava entre 200 e 300 mortes por ano. Os principais perigos, além dos abismos nas laterais, são os deslizamentos de terra, a visibilidade ruim por causa das nuvens e as próprias condições da estrada em si.

Dá para imaginar que o asfalto lá não é exatamente um “tapete”. Na verdade, não há asfalto algum. Quem se aventura pelo Camino a los Yungas vai encontrar áreas de barro, lama, buracos de todos os tamanhos e muitos turistas “doidos”, das mais variadas nacionalidades.

Veja também:   Após cirurgia, criança de 7 anos tem 526 dentes extraídos da boca

E vale a pena?

Depois de todas essas informações, você pode até se perguntar o que leva tantas pessoas à estrada mais perigosa do mundo. A resposta está nas belezas naturais, ponto forte não só do local,mas também de toda a Bolívia e da América do Sul, de forma geral. De cima da montanha de 4700 metros de altura, é possível observar planícies, glaciares, grandes pastos de lhamas e outros cenários deslumbrantes.

O passeio mais comum e seguro do local, com auxílio de guias, é feito de bicicleta descendo a montanha. A cidade de La Cumbre, ponto de partida da aventura, fica a apenas uma hora de carro da capital do país, La Paz. Para quem se animou com a ideia, vale lembrar que o ar na região é bastante rarefeito por causa da altitude, então é bom tomar todas as precauções, em dobro.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com