Você sabia? Existe uma bizarra lei anti-alienígenas na França

0

Se um dia uma forma de vida alienígena decidir procurar um lugar na Terra para passar suas férias, ela não poderá pousar sua nave na pequena vila de Châteauneuf-du-Pape, na França. Isso porque existe uma lei local que proibição extraterrestres na vila.

Apesar de admitir que a proibição não passa apenas de um golpe publicitário, Claude Avril, atual prefeito da vila, se recusa a derrubar a proibição que está em vigor há 62 anos.

Claude diz não estar nenhum um pouco interessado em tocar na proibição, pois segundo ele, a proibição dá um tempero especial a vila, cria um burburinho sobre o local, fora que ela é inofensiva e ninguém é enganado por conta disso.

Dado o fato de que nunca houve se quer um relatório confirmando a existência de alienígenas em qualquer lugar do Universo – um engenheiro da NASA vem desmarcando quase todos os avistamentos de OVNIS na internet até o momento.

De onde veio essa lei bizarra?

Em 1954, o prefeito da época, Lucien Jeune, criou essa lei na cidade depois que um homem não identificado no norte da França, informou ter visto duas figuras, que pareciam estar com roupas de mergulho, saírem de dentro de um OVNI em forma de charuto.

Este suposto avistamento fez com que Jeune criasse uma nova lei que dizia que “qualquer aeronave, conhecida como disco voador ou charuto voador, que pousasse no território da comunidade seria imediatamente detida sob custódia”.

  10 curiosidades sobre o Dia das Mães
Proibição local contra alienígenas
Proibição local contra alienígenas

De acordo com Elie Jeune, filho do ex-prefeito, a proibição era uma maneira engenhosa de chamar a atenção para a vila, porque na época, avistamentos alienígenas estavam se tornando cada vez mais populares e comuns no mundo.

Poucos anos antes, o famoso Incidente em Roswell – onde um suposto balão militar americano caiu em Roswell, no Novo México – provocou uma série de conspirações sobre alienígenas.

Segundo Jeune, naquela época, as pessoas estavam falando muito sobre extraterrestres e sobre o desconhecido, tudo isso estava na moda e havia um monte de histórias a cerca desse tema. E isso fez com que seu pai (o prefeito) criasse essa lei bizarra para trazer holofotes para a pequena vila francesa de Châteauneuf-du-Pape. Foi um excelente truque publicitário, completa Jeune.

Proibido atirar no Pé Grande

pe-grande

Châteauneuf-du-Pape não é o único lugar que tem leis estranhas sobre teorias da conspiração. No Condado de Skamania, no estado de Washington, existe uma lei que proíbe a caça do Pé Grande, a criatura mítica que supostamente foi vista pela primeira vez em Alberta, Canadá, em 1811.

Atirar no Pé Grande no condado de Skamania, que é uma das regiões mais populares para os caçadores da criatura, é punível com uma multa de 1.000 dólares e até um ano de prisão.

Essa sentença pode parecer bastante dura, levanto em conta que o Pé Grande não é mesmo real, mas na verdade, essa sentença era ainda mais punitiva. Na lei original, a punição para caçadores do Pé Grande poderia gerar uma multa de 10.000 dólares e até cinco anos de prisão.

  Contato com alienígenas pode demorar mais de 1.500 anos

Uma informação extra: O condado de Whatcom que fica próximo à Skamania, tem um santuário Pé Grande chamado de “Área de Proteção e Refúgio do Sasquatch”, que tem cerca de 1 milhão de hectares para proteger a criatura… apesar de não haver nenhuma prova comprovada de que ela realmente exista.

Entretanto, a lei anti-alienígena é apenas uma proibição divertida, ao contrario da proibição de caça ao Pé Grande, que é realmente muito séria. Na verdade, ela foi criada para proteger os excursionistas e entusiastas do Pé Grande de caçadores, já que que eles poderiam confundir uma pessoa com o famoso animal da floresta. Além é claro, de atrair atenção para o lugar.

Fonte



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com