Explosão de estrela pode ter causado uma das maiores extinções da Terra

0

Há 359 milhões de anos, a Terra sofria uma de suas extinções em massa, a do alto Devoniano. E uma das causas pode ser a explosão de uma estrela, que ficava a 65 anos-luz daqui.

Os dois eventos não parecem ter uma relação direta, mas o contrário aparece em um estudo recente, que mostra que embora improvável, o universo pode mesmo lembrar um daqueles casos clássicos de “efeito borboleta”.

De acordo com o astrofísico Brian Fields, da Universidade de Illinois Urbana-Champaign, a explosão de uma estrela vizinha pode ter desencadeado a extinção em massa.

A teoria vai contra os motivos mais aceitos pela ciência para gerar uma extinção em massa, como vulcões, terremotos e outras razões vindas do próprio planeta.

A única exceção a essa regra seria a extinção dos dinossauros, há 65 milhões de anos, que ocorreu por causa de um asteroide. Mas de acordo com Fields, há outras formas de o espaço afetar a vida na Terra.

Segundo seu novo estudo, a explosão da estrela teria gerado ondas radioativas que prejudicaram a camada de ozônio terrestre.

A partir desse efeito inesperado, a vida daquela época teria dado os primeiros sinais de enfraquecimento, caindo em uma extinção em massa algum tempo depois.

A teoria de que supernovas, ou explosões de estrelas, poderiam afetar a vida na Terra não é exatamente nova, mas o estudo de Fields traz algumas evidências bem interessantes.

A pólvora da arma

O jeito mais simples de provar essa teoria seria analisar isótopos radioativos nas camadas geológicas dessa época, do final do Devoniano e início do Carbonífero.

Um desses isótopos é o ferro-60, que já vem sendo estudado há anos com essa possibilidade, mas outras duas pistas parecem ter surgido, como o rastro de pólvora que fica após o disparo de uma arma.

São eles o plutônio-244 e o samário-146. Os pesquisadores e geólogos garantem que esses elementos não estão disponíveis na Terra e só podem ter vindo através de radiação do espaço.

Os pontos vão se ligando e parece que a teoria da extinção em massa causada por uma explosão estelar está próxima de ser provada.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com