Grupo de cientistas cria Asgardia, o primeiro país fora da Terra

0

Não falta muito para a ciência, enfim, colocar o homem no espaço sideral de forma definitiva. E uma ideia pode ser colocada em prática já em 2017.

Um grupo de cientistas, liderado pelo russo Igor Ashrbeyli, fundou o primeiro país espacial da história. Ele já foi criado no papel, mas ainda precisa existir de verdade.

Chamada de Asgardia, a nação espacial tem o intuito de salvar a raça humana de dois riscos considerados iminentes: o de uma guerra espacial e de perigos provenientes do exterior da atmosfera, a partir de um “escudo protetivo”.

Para isso, tem-se como objetivo não transferir nenhum conflito geopolítico da Terra para lá. Não à toa, o slogan é “Paz no espaço”.

O nome Asgardia não foi escolhido por acaso. A nomenclatura faz menção a Asgard, que, segundo a mitologia nórdica, era uma cidade no céu, a terra de Thor, Odin e outros deuses.

O território de Asgardia será uma nave espacial na órbita baixa da Terra ou um pouco além. A estação é planejada para receber até 150 milhões de cidadãos, com estrutura suficiente para morarem e trabalharem no local.

Quem pode ser cidadão de Asgardia?

Qualquer pessoa, incluindo você, caro leitor do Acredite ou Não. Basta ter mais de 18 anos e morar em um país que permita a dupla cidadania – o Brasil, por exemplo.

Para solicitar a sua cidadania asgardiana, é necessário fazer uma rápida inscrição no site Asgardia.space. Os primeiros 100 mil inscritos e investidores e profissionais das áreas de tecnologia e ciência podem ter preferência na seleção.

Veja também:   Biohackers: conheça as pessoas que modificam seus corpos com tecnologia

Quando Asgardia entra em órbita?

A estimativa do cientista e empresário Igor Ashrbeyli é que Asgardia entre em órbita em 2017. Segundo ele, o projeto já foi 100% financiado e que uma nação emergente arcará com os custos.

A ideia de trabalhar com uma nação emergente é disseminar a ideia de democratização espacial, visto que somente 20 países têm acesso ao espaço. E é claro que alguns governantes já pensam em como explorar isto, enquanto o direito espacial ainda está longe de estar devidamente desenvolvido.

Como Asgardia pretende se tornar um país?

Para se tornar nação, Asgardia precisa obter o reconhecimento da Organização das Nações Unidas (ONU). Há quatro critérios exigidos pela fundação: cidadãos, governo, território e reconhecimento dos outros membros da organização.

Dos quatro, Asgardia tem os três primeiros mencionados anteriormente. Mais de 450 mil pessoas se inscreveram para obter a cidadania asgardiana, detalhes governamentais devem ser decididos em breve e a nave espacial desabitada pode ser chamada de território.

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com