Iceberg rebocado pode ser solução para falta de água na África

0

Todo mundo sabe que o problema de falta de água em alguns países da África é muito grave. Para isso foi proposta uma solução inusitada: rebocar um iceberg até o continente para abastecê-lo com água. Como se fosse a coisa mais simples do mundo.

A ideia foi proposta por Nick Sloane, um especialista em resgate de navios e barcos naufragados. Ele foi o responsável por desencalhar o navio italiano Costa Concordia, famoso pelo “Vada a bordo, cazzo!”, ouvido por seu comandante Francesco Schettino em 2012.

O plano de Sloane é ir até a Antártida e rebocar um ou vários icebergs até o continente africano, mais precisamente até a Cidade do Cabo, na África do Sul, que sofre com uma seca que já dura cerca de 3 anos.

O trabalho seria facilitado com a ajuda da corrente de Benguela, um fluxo no oceano Atlântico Sul que segue em direção ao sul da África. Segundo Sloane, cada iceberg poderia fornecer cerca de 150 milhões de litros de água por dia durante um ano para a Cidade do Cabo. O custo ficaria em torno de 130 milhões de dólares.

O valor envolve também a compra de capas especiais que seriam colocadas sobre o iceberg para que ele não derreta durante sua longa viagem. Será que a solução é tão simples assim?

Raspadinha

O plano de Sloane diz ainda que após os enormes “cubos de gelo” chegarem até a costa da África, eles seriam triturados e derretidos, até ficarem completamente líquidos. Quase como uma grande “raspadinha”. O idealizador do projeto se diz surpreso pelo fato de que ninguém pensou nisso antes.

Cerca de 75% de toda a água consumível no mundo está em estado sólido, nos milhões de icebergs dos mais variados tamanhos que se encontram boiando nos oceanos, nas regiões próximas aos polos da Terra.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com