Documentário defende que Jesus era grego e se chamava Apolônio

0

Alguma vez você já se questionou se o Jesus Cristo que o mundo todo conhece, na verdade, seria um homem da Grécia Antiga chamado Apolônio? Já parou pra pensar se ele teria nascido onde hoje é a Turquia, antes de seus atos serem adotados pelos cristão para a criação de uma figura mítica?

Pois é, parece surreal de se imaginar, mas é isso que afirma um documentário chamado ‘Conspirações da Bíblia’, distribuído pela plataforma de streaming Amazon Prime.

Com direção de Philip Gardiner, o documentário teve baixo orçamento e foi lançado no ano de 2016. No Amazon Prime, já está disponível desde novembro de 2017. No entanto, só agora ganhou visibilidade e repercussão internacional.

“E essa pessoa, Jesus?”, pergunta o narrador durante o documentário. “Ele era real? Ele foi criado? Ele era um alienígena?”, continua.

O filme afirma que essa pessoa chamada de Jesus Cristo pela Bíblia não existiu como pessoa histórica. O Novo Testamento seria inspirado na vida de um homem grego que se chamou Apolônio.

Em uma tentativa de fornecer evidências para isso, o documentário sugere que Apolônio tinha vários monumentos dedicados a ele, enquanto “nenhuma estátua ou templo foram erigidos a Jesus”.

“Ao contrário de Jesus, há evidências que provam que Apolônio existiu”, diz o narrador. “Ninguém pode dizer com convicção que Jesus era uma pessoa real”, prossegue.

As informações, no entanto, não tem nenhum peso entre a comunidade científica. A maioria dos estudiosos da área concordam, sem sombra de dúvidas, que Jesus foi uma pessoa real. O principal debate nessa seara, na verdade, é saber se os evangelhos oferecem um relato preciso de suas ações e ensinamentos.

Veja também:   Conheça cinco lendas urbanas 'horripilantes' da cidade de São Paulo

“Não havia dúvida no mundo antigo ou agora sobre se Jesus existiu, nunca houve qualquer confusão sobre se ele realmente existiu ou não”, disse Simon Gathercole, professor da Universidade de Cambridge, em entrevista ao jornal The Independent. Ele também comenta que Apolônio realmente foi uma pessoa real.

Ele afirma, ainda, que o contrário pode ser verdade! Apesar de não haver nenhuma evidência, a biografia de Apolônio pode ter “roubado” algumas informações e fatos sobre a vida de Jesus.

Historiadores explicam como era a aparência verdadeira de Jesus Cristo

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com