Kim Jong-un: 10 rumores insanos sobre a vida do ditador da Coreia do Norte

0

O nome de Kim Jong-un, ditador da Coreia do Norte, andou em evidência nos últimos dias após rumores de que ele estaria internado em estado grave por conta de uma cirurgia. A história ganhou força após Kim se ausentar das cerimônias realizadas no feriado mais importante do país, que homenageia seu avô, Kim Il-sung, fundador do país.

Apesar de ainda não termos certeza da atual condição de Kim, já que as informações divulgadas no país estão longe de serem confiáveis, existe uma série de vários outros rumores que cercam a vida do enigmático e misterioso ditador.

Assim, confira abaixo 10 rumores sobre a vida de Kim Jong-un. As informações são do site Listverse

10) A CIA contratou um lenhador para matá-lo

O governo norte coreano afirmou, em maio de 2014, que a CIA e a NIS, a agência de inteligência sul coreana, contrataram um lenhador russo que mora na Coreia do Norte para tentar assassinar Kim Jong-un. O suposto assassino utilizaria uma “substância bioquímica” para assassinar o ditador, ainda segundo as autoridades locais.

A única agência de notícias do país ainda afirmou que um “terrível grupo terrorista” tentou matar Kim durante uma parada militar. Muitos acreditam que a notícia foi inventada justamente em um período de tensão da Coreia do Norte com os Estados Unidos e a Coreia do Sul.

9) Seu corte de cabelo é obrigatório no país

01 kim jong un

Também em 2014, uma rádio asiática afirmou que todos os estudantes universitários da Coreia do Norte eram obrigados a cortar o cabelo da mesma forma que Kim Jong-un.

No entanto, acredita-se que esse foi mais um rumor que surgiu envolvendo o líder norte coreano, já que os poucos visitantes do país não notaram homens usando o corte de cabelo de Kim. Até onde se sabe, existem apenas 10 cortes que homens podem usar no país, enquanto que a variedade é maior para as mulheres: 18.

8) Obsessão com basquete

Eis um dos poucos rumores sobre o ditador que podemos afirmar ser verdadeiro. Kim Jong-un nunca escondeu sua paixão por basquete. Um antigo amigo, dos tempos em que Kim estudou na Suíça, afirma que o quarto do líder norte coreano tinha diversos itens da NBA, a liga de basquete americana. Acredita-se que ele é torcedor do Chicago Bulls ou do Los Angeles Lakers.

A paixão do líder norte coreano pelo esporte é tão grande que que ele convidou o ex-jogador Dennis Rodman e integrantes da equipe de exibição do Harlem Globetrotters para uma turnê pela Coreia do Norte.

Existem até mesmo relatos de que Kim pediu para o presidente americano Donald Trump “acesso a jogadores de basquete famosos” como parte das negociações de desnuclearização do país.

7) Esquadrão de entretenimento

kimjongun1

Acredita-se que na época em que Kim Jong-il, pai de Kim Jong-un, governou o país, ele contava com as “Kippumjo”, um grupo de 2 mil mulheres contratadas apenas para diverti-lo. Muitos afirmam que seria uma espécie de “harém” do ditador e que oficialmente, elas eram chamadas de “Esquadrão” ou “Brigada do Prazer”, bem como “Divisão da Alegria.”

Rumores afirmam que após a morte de Kim Jong-il, ocorrida em 2011, as Kippumjo deixaram de existir. No entanto, em 2015, voltaram a surgir informações de que Kim Jong-un decidiu reviver o grupo, com algumas exigências: adolescentes de 13 ou 14 anos já poderiam ser recrutadas e as integrantes deveriam ser virgens. Além disso, elas teriam de ser “aposentadas” quando completassem 20 anos e e seguida, se tornariam as esposas de militares.

Vale lembrar que apesar disso, o líder norte coreano é oficialmente casado com a ex-cantora Ri Sol-ju e eles já teriam três filhos, apesar de esta informação sobre os herdeiros não ser totalmente confirmada.

6) Um lado mais humano (?)

Levando em conta o que costuma ser publicado na mídia norte coreana (ou seja: ainda não dá pra confiar muito), Kim Jong-un parece ter um lado mais humano em relação ao seu pai e avô.

Em 2014, após um prédio cair na capital Pyongyang e matar algumas pessoas, Kim divulgou um raro pedido de desculpas para a população norte coreana e afirmou que chegou a passar a noite em claro por conta do ocorrido. Sim, pode ter sido algo planejado pelo governo local, mas ainda assim, mostrou um lado que não existia em seus antecessores.

5) Kim Jong-un afundou um navio sul coreano

Em 2010, pouco antes de assumir o poder, muitos acreditam que Kim foi o responsável por afundar o navio sul coreano ROKS Cheonan, que estava perto da fronteira marítima entre os dois países. 46 marinheiros sul coreanos morreram e o incidente elevou bastante as tensões entre as duas nações.

Rumores afirmam que Kim teria provocado o incidente para melhorar suas credenciais junto aos militares norte coreanos, pois sabia que sucederia o pai em breve. A Coreia do Norte sempre negou envolvimento com o incidente.

4) Ele já executou membros de sua família

Já surgiram vários rumores de que Kim Jong-un matou até mesmo membros de sua família. Um exemplo foi seu tio, Jang Song-Thaek, preso por traição em 2013 e mais tarde, executado a tiros. Em seguida, o ditador pediu para que registros do parente fossem eliminados da mídia do país.

O caso mais famoso é o de seu meio-irmão, Kim Jong-Nam, morto por envenenamento em 2017 no aeroporto de Kuala Lumpur, capital da Malásia. Muitos rumores afirmam que ele foi assassinado a mando de Kim Jong-un.

3) Cura para ressaca

coreia do norte kim jong un

Acredita-se que assim como seu pai, Kim Jong-un gosta de dar uma festa regada com muita bebida, o que inclui whiskey, gin, conhaque e vinhos. Tanto que a importação dessas bebidas subiu no país após ele assumir o poder.

Acredita-se que Kim costuma exagerar na dose em algumas ocasiões. Por conta disso, o governo teria importado saunas da Europa para ajudar a curar a ressaca do ditador (apesar da falta de evidências científicas de que isso funciona). Além disso, cientistas do país teriam criado uma bebida especial para seu líder se recuperar das supostas bebedeiras com mais facilidade.

2) Kim Jong-un teria um resort de luxo

No item 8, afirmamos que Dennis Rodman visitou Kim na Coreia do Norte. Desde então, o excêntrico ex-jogador teria se tornado amigo do ditador e revelou muitas coisas sobre ele.

Rodman já afirmou que Kim Jong-un é dono de uma ilha privada na cidade litorânea de Wonsan, que mais parece um resort situado no Havaí ou em Ibiza, segundo o ex-jogador. É nesse local que o ditador costuma realizar parte de suas festas.

Além disso, Rodman disse que o local tem sua própria marina, onde fica guardado o luxuoso iate do ditador, e é vigiado por soldados 24 horas por dia.

1) Executou um desafeto com lança-chamas

Kim Jong-un - Líder da Coreia do Norte

Por fim, também existe um rumor de que Kim Jong-un chegou a executar um membro de seu governo com um lança-chamas. A vítima seria O Sang-Hon, que teria laços próximos com Jang Song-Thaek, o tio que foi executado e mencionamos acima.

Um desertor norte coreano chamado Kang Chol-Hwan afirma que O Sang-Hon foi executado por que Kim simplesmente o detestava. Se não bastasse o método cruel, acredita-se que o ditador ainda mandou um tanque esmagar o corpo carbonizado do seu desafeto.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com