A lenda do Lobisomem: Mito ou verdade?

0

O Lobisomem ou licantropo é um ser lendário, de origem mitológica grega. De acordo com a lenda, um homem pode se transformar em lobo em noites de lua cheia.

lobisomem

A transformação do homem em lobo começou a ser difundida a partir da obra “Metamorfoses” do poeta latino Ovídio, que dizia que Licaão, rei da Arcádia teria servido a carne de um escravo a Zeus e, por isso, como castigo teria se transformado em lobo.

lobo-licaao

O lobisomem possui diversas variantes culturais. Na Roma este ser mitológico é chamado de Versipélio. Já na França, é chamado de Loup-garou. Contudo, a lenda é sempre a mesma: um homem que após algum acontecimento se transforma em lobo na lua cheia.

lobisomem-transformacao

A lenda do lobisomem no Brasil

No Brasil há muitas versões da lenda do lobisomem, bem como pessoas que juram já ter visto este ser em noites de lua cheia.

lobisomem-ilustracao

Uma das versões diz que se um bebê do sexo masculino nascer após uma sucessão de sete meninas, ele se tornará lobisomem. Já outra crença diz que o “poder” ou “carma” de se transformar em lobo é uma aberração genética que passa por gerações.

A lenda conta que os lobisomens podem ser identificados a partir de comportamentos estranhos, como olheiras e cansaço constante, palidez e, quando na forma humana, é sempre muito desconfiado e com medo de ser descoberto.

Durante a transformação, o corpo do lobisomem se enche de pelos, as unhas crescem semelhante a garras e os dentes ficam enormes e afiados. Depois da transformação a criatura sai em busca de sangue, matando de forma feroz quem lhe atravessar o caminho.

lobisomem-comendo-virtima

Em alguns lugares, acredita-se que a transformação do homem em lobo ocorre em uma encruzilhada. No mesmo local, ao nascer do dia, a criatura volta a tomar forma humana. Já em outras regiões, acreditam que lobisomem se transformaria em cachorro ou porco.

De fato, esta é uma lenda muito popular no folclore brasileiro.

Síndrome do lobisomem: uma doença real

A hipertricose, ou síndrome do lobisomem, é uma doença extremamente rara que se caracteriza pelo crescimento excessivo de pelos no rosto em todo o corpo, excerto na palma das mãos e plantas dos pés.

sindrome-lobisomem

O pelo fino e felpudo chega a até 25 cm de comprimento. Além do crescimento excessivo de pelo, a pessoa não possui nenhuma outra alteração em sua saúde.

Desde a Idade Média, somente 50 casos foram identificados dessa doença. Em geral, os portadores de hipertricose eram vistos com aberrações e, em geral, iam trabalhar em circos.

Em um caso detectado no Tenerife, uma Ilha da Espanha, o portador da doença era exibido por sua própria família no castelo de Ambras.

Por ser uma condição extremamente rara, pouco se sabe dessa doença. Trata-se de uma mutação genética quase sempre hereditária e perceptível logo na infância.

hipertricose

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com