Fugitivo da máfia italiana é encontrado após sair em foto do Google Street View

0

Por 20 anos, Gioacchino Gammino, integrante da máfia italiana, fugiu das autoridades. Ele só foi pego porque apareceu em uma imagem do Google Street View.

  • Volta às aulas 2022! Antecipe as compras escolares em até 10x sem juros, até 55% de desconto e frete grátis! Clique aqui.
  • Amazon Prime: frete GRÁTIS, filmes, séries e mais por R$ 9,90/mês. Assine agora!

Gammino estava vivendo em Galapagar, uma pequena cidade nos arredores de Madrid, capital da Espanha, e passou todos esses anos sendo referido por um nome falso e trabalhando no ramo alimentício, em paz.

De acordo com as autoridades italianas, sabia-se que ele passou a ser conhecido como Manuel, trabalhando inclusive como chefe de cozinha em seu próprio restaurante, chamado La cocina de Manu (A Cozinha de Manu). Depois disso, abriu um mercado de frutas e verduras, chamado El huerto de Manu (A horta de Manu).

O homem aparece em frente ao segundo estabelecimento, conversando com outra pessoa, mas foi o suficiente para que a polícia percebesse quem era: Manu, ou melhor Gammino, possui uma cicatriz no queixo que foi identificada mesmo a uma grande distância, através da imagem do serviço de mapas e localização do Google.

O membro da máfia fugiu da prisão em Roma em 2002. Ele foi um dos condenados pelo famoso juiz italiano Giovanni Falcone, responsável por ter enfraquecido duramente a máfia nos anos 80.

Gammino era um dos “cappo”, ou chefes, da máfia chamada Stidda, sediada em Agrigento, na Sicília, e uma das maiores rivais da Cosa Nostra, o grupo mais famoso ao lado da também temida Camorra.

Fugitivos da máfia escondidos

O caso de Gioacchino Gammino pode parecer absurdo, mas não é tão raro assim e já tivemos inclusive algo parecido no Brasil. Nos anos 70, um dos maiores chefes da Cosa Nostra foi preso no Brasil.

Além do nome, complicado por aqui, Tommaso Buscetta, tinha várias outras complicações com a justiça italiana.

Ele foi um dos chamados “pentiti”, ou “arrependidos”, que colaboraram com a justiça, dando informações a respeito de outros fugitivos tanto da Cosa Nostra, como de outros ramos da máfia italiana.

Mais um que teria decepcionado muito o “padrinho” Vito Corleone, do cinema.



  • Volta às aulas 2022! Antecipe as compras escolares em até 10x sem juros, até 55% de desconto e frete grátis! Clique aqui.
  • Amazon Prime: frete GRÁTIS, filmes, séries e mais por R$ 9,90/mês. Assine agora!

Deixe um Comentário

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com