Nada de baleia-azul: qual é o maior ser vivo do planeta Terra?

0

Quando pensamos no maior ser vivo do planeta, geralmente pensamos em animais e a baleia-azul vem logo à mente. Mas o detentor do título é muito, muito maior, além de não fazer parte do reino animal e nem do vegeta. Ele também é um dos seres mais velhos que se tem notícia, com incríveis 1900 anos, mas com corpinho de 1850, acredite. Trata-se, na verdade, de um fungo.

O maior ser vivo do mundo é um fungo parasita, da espécie Armillaria. Ele fica localizado em Blue Mountains, no estado americano do Oregon e seu tamanho impressiona. O fungo é medido não em metros, mas em quilômetros, mais precisamente 9,6 quilômetros quadrados de área, o que supera em muito a maior árvore, por exemplo, que tem “apenas” 115 metros de altura. Em idade ela acaba ganhando, já que tem cerca de 4000 anos de idade.

Não é raro que fungos atinjam proporções tão grandes de tamanho, ocupando áreas enormes. O que acontece é que geralmente os pequenos cogumelos que vemos em regiões de florestas são apenas a ponta do iceberg, literalmente. Esses seres estão em sua maior parte debaixo da terra, como raízes de plantas. Muitas vezes eles se fundem a outros fungos e se tornam uma só colônia, alcançando tamanhos impressionantes, como é o caso do fungo de Blue Mountains.

Recordistas

Os fungos dessa espécie são recordistas em listas de maiores seres vivos do mundo. Antes do atual campeão ser descoberto, o título pertencia a um outro fungo da mesma espécie, localizado no estado de Washington, também nos Estados Unidos. Ele ocupa “só” 6,5 quilômetros quadrados de área.

Já entre os animais, que geralmente são os primeiros em que pensamos, o título fica com a baleia-azul mesmo, que domina os oceanos embora seja extremamente dócil e corra risco de extinção. O maior exemplar já visto tinha cerca de 30 metros de comprimento e pesava mais de 180 toneladas.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com