Nasa oficializa planos de voltar à Lua e continuar a explorar Marte

0

Se você sempre teve a vontade de ver como que o homem pisou na Lua pela primeira vez, já pode ir se animando: a Nasa revelou oficialmente que pretende levar astronautas para o nosso satélite natural. E de quebra, aproveitou a ocasião e disse que continuará explorando Marte com afinco. A informação foi divulgada na última quarta-feira (26).

Esses novos planos oficiais da Nasa, chamados de “The National Space Exploration Campaign” (“Campanha Naciona de Exploração Espacial”, em tradução literal), apenas citaram que eles ocorrerão em um futuro próximo, sem especificar um período de tempo, mas nada também a “longo prazo.”

Esses planos envolvem coisas como enviar missões tripuladas para a Lua, construir uma base lunar orbital semi-permanente e realizar a coleta de amostras de Marte e enviá-las para a Terra.

A Nasa também informou que o governo americano também ajudará a financiar esse novo plano, em detrimento da Estação Espacial Internacional. Mas não se preocupe, pois tudo leva a crer que, em breve, a estação deve ser “privatizada” e gerida em parceria com outras empresas do ramo espacial.

O retorno à Lua

superlua 2017

Para fazer com que o homem volte a pisar na Lua após tanto tempo (já se passaram mais de 40 anos desde a última visita), a Nasa começará com o seguinte passo: ela deve testar, em 2020, a nave Orion e o foguete SLS, enviando-os até a órbita lunar.

Caso dê tudo certo, a ideia é que as duas naves comecem a enviar astronautas e cargas até a órbita da Lua. Mais tarde, a proposta é criar o chamado Lunar Gateway, a estação espacial lunar que receberá seus tripulantes e terá um laboratório de testes. A Nasa espera começar a construí-la a partir de 2022.

E Marte?

marte-capa

Com relação ao nosso vizinho, a Nasa já deixou claro que o foco inicial é enviar missões exploratórias e científicas para Marte. Ou seja, enviar astronautas para lá é algo que deve ficar para outro momento.

No próximo ano, a Nasa enviará o veículo Mars 2020 Rover até o Planeta Vermelho. Seu objetivo é coletar amostras do solo marciano que serão enviadas para análise na Terra com a ajuda de outra missão, que deve ocorrer alguns anos mais tarde.

E daqui a seis anos, ou 2024, a Nasa deve voltar a pensar em enviar missões tripuladas para Marte, que devem acontecer apenas a partir de 2030. E no fundo, os primeiros astronautas enviados para lá ficarão apenas na órbita do planeta, coletando dados valiosos para uma missão que faça o homem por seus pés no Planeta Vermelho pela primeira vez.

Só nos resta saber se alguma outra empresa privada alcançará esse objetivo antes da Nasa. O bilionário Elon Musk, por exemplo, garante que conseguirá levar humanos para Marte daqui a alguns anos por meio de sua companhia, a SpaceX. Em breve, descobriremos que vencerá essa disputa.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com