Natureza predadora: os oito locais mais perigosos do mundo

0
página 1 de 2

A natureza é deslumbrante. No entanto, algumas dádivas naturais podem ser tão perigosas quanto fascinantes.

A lista abaixo reúne os oito locais considerados como os mais perigosos do mundo. Foram escolhidos apenas os pontos que são ameaçadores por si só – ou seja, trechos como o Atol de Bikini e a cidade de Chernobyl, que sofreram com impactos de origem humana, foram desconsiderados.

Atenção: o artigo está desmembrado em duas partes. Para visualizar a partir do quinto item, clique no número 2, ao fim da página, para avançar.

Confira os oito locais de natureza mais perigosa do mundo:

Deserto de Danakil, África

Deserto de Danakil (Foto: Carsen Peter / Flickr)
Deserto de Danakil (Foto: Carsen Peter / Flickr)

O Deserto de Danakil está em áreas da Etiópia, da Eritreia e de Djibuti, no continente africano. A temperatura neste local chega a 50°C com facilidade. (Veja também: Planeta está mais verde e mais quente, afirma pesquisa da Nasa)

Há vários vulcões ativos e gêiseres que jogam gases tóxicos no Deserto de Danakil. Apesar de todos os elementos perigosos, muitos visitantes apaixonados pela natureza se aventuram no local – no entanto, é proibido desbravar a área sem um guia experiente.

Monte Washington, EUA

Monte Washington (Foto: Wikimedia)
Monte Washington (Foto: Wikimedia)

Com razoáveis 1.917 metros de altitude em seu topo, o Monte Washington é o ponto mais alto do nordeste dos Estados Unidos. Fica localizado no estado de Nova Hampshire.

A rajada de vento mais forte na superfície da Terra foi medida no Monte Washington – 372 km/h, em 12 de abril de 1934. Muito frio, o Monte Washington tem a menor temperatura registrada até hoje em -45,6°C, com sensação térmica de até -75°C.

  10 teorias bizarras de fãs sobre alguns filmes e séries

Além disso, há fortes nevascas contínuas no Monte Washington. As situações adversas da natureza local fazem com que, no topo dessa montanha, a sensação seja semelhante à do topo do Monte Everest, o mais alto do mundo.

Ilha da Queimada Grande, Brasil

Ilha da Queimada Grande (Foto: Reprodução / YouTube)
Ilha da Queimada Grande (Foto: Reprodução / YouTube)

Localizada a cerca de 35 quilômetros do litoral do estado de São Paulo, a Ilha da Queimada Grande é desabitada e tem acesso restrito apenas a analistas. O motivo é simples: há uma grande quantidade de cobras por aqui, especialmente da jararaca-ilhoa, uma das mais venenosas do mundo. Como se não bastasse, existem, ainda, cerca de 70 espécies de aranhas na ilha.

Pesquisadores estimam que existam cerca de cinco cobras por metro quadrado na Ilha da Queimada Grande, o que torna um dos locais mais perigosos para se estar no mundo e, provavelmente, o mais arriscado do Brasil. Desde 1984, a ilha é reconhecida como uma Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE).

Monte Sinabung, Indonésia

Monte Sinabung (Foto: Wikimedia)
Monte Sinabung (Foto: Wikimedia)

Apesar de ser chamado de monte, Sinabung é, na verdade, um vulcão ativo. Fica localizado na província de Sumatra do Norte, na Indonésia. (Veja também: 5 fatos curiosos sobre vulcões)

Erupções passaram a ocorrer neste local com enorme frequência a partir de 2010, após mais de 400 anos de inatividade. Residentes dos entornos se arriscam ao permanecerem no local, pois cidades e vilas próximas já foram cobertas por lavas várias vezes – as mais recentes, em 2010, 2013, 2014, 2015 e fevereiro de 2016.

  A matemática prevê a chegada de uma sexta extinção em massa

O fenômeno natural do vulcão de Sinabung ejeta uma nuvem mortal de gás vulcânico, além de pedras e cinzas, para uma altura de 2,5 mil metros. É um dos vulcões mais potentes em atividade no mundo.

Continue a ver os locais mais perigosos do mundo: clique no número 2, abaixo, para avançar.


Próxima Página

página 1 de 2



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com