Naya Rivera: lago em que atriz morreu é considerado amaldiçoado por moradores

0

O corpo da atriz Naya Rivera, que se tornou conhecida por sua participação no seriado Glee, foi encontrado segunda-feira (13) nas profundezas do Lago Piru, na Califórnia, após dias de buscas. O local é conhecido por ser temido pelos próprios moradores de seu entorno, que o consideram amaldiçoado.

O Lago Piru surgiu em 1955. Ele se tratava de um cânion que foi inundado por conta da construção da represa Santa Felícia no local.

Apesar de ter muitos visitantes (a própria Naya Rivera dizia que o local era uma espécie de “santuário” para ela), quem mora próximo ao Lago Piru não quer nem saber de chegar perto dele.

O motivo é que o lago se tornou conhecido por ter muitos detritos em seu fundo, uma visibilidade ruim, correntes e ventos fortes, água fria, grande profundidade (pouco mais de 45m) e a formação de redemoinhos.

Por conta dessas condições, sempre que alguém se afoga no local, podem se levar dias e até semanas para que o corpo seja encontrado, como foi o caso de Naya Rivera, e se tornam um desafio até mesmo para nadadores e mergulhadores experientes. Entre 1994 e 2000, por exemplo, sete mortes foram registradas no local.

Um morte de destaque ocorreu em 1994. Danilo Carranza, de 27 anos, se afogou no local e seu corpo foi encontrado cinco dias mais tarde. Neste caso, chamou a atenção o fato de que o homem estava usando colete salva vidas, outro fator que mostra como as condições do local são extremas.

No caso da atriz, seu corpo foi encontrado a pouco mais de nove metros de profundidade. Ele estava em um local de visibilidade tão ruim que os mergulhadores precisaram se guiar apenas com a sensação do tato.

Outras mortes foram ocorrendo no local com o passar dos anos (sendo 3 apenas no ano de 1997), o que fez os moradores dos arredores do Lago Piru acreditarem que o local é amaldiçoado.

A trágica morte de Naya Rivera, com certeza, só fará essa crença aumentar ainda mais.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com