Nazistas planejavam Holocausto na América, indica livro de Hitler

1

Um livro retirado diretamente da coleção do ditador Adolf Hitler confirma que os nazistas tinham planos de causar um Holocausto na América. O livro possui um censo sobre judeus vivendo nos Estados Unidos e no Canadá na década de 30 e indica que os alemães planejavam usar no continente americano as mesmas táticas de extermínio racial usadas na Europa durante a Segunda Guerra Mundial.

A obra, intitulada Estatísticas, mídia e organizações de judeus nos Estados Unidos e no Canadá e escrita pelo pesquisador e linguista alemão Heinz Kloss em 1944, foi adquirido pelo Arquivo Nacional do Canadá em 2018, mas só teve sua existência revelada em janeiro de 2019, às vésperas da comemoração do Internacional de Recordação do Holocausto. Estima-se que tenha sido trazido para a América por soldados aliados, como uma espécie de troféu, ou souvenir, especialmente por ter saído diretamente da coleção de Adolf Hitler.

O livro possui uma águia com suástica estilizada, além das palavras “ex libris Adolf Hitler” na contracapa, o que indica ser propriedade do ditador alemão. Em seu conteúdo, Kloss, que esteve nos Estados Unidos e Canadá em 1936 e 1937, faz um apanhado da sociedade judia nos dois países, abordando grandes comunidades e também pequenos grupos, muitas vezes localizados em áreas rurais, totalizando um estudo bastante completo.

A existência do livro indica que os nazistas planejavam uma “solução final” para os judeus do continente americano, da mesma forma que fizeram com os judeus da Europa, o que resultaria em um verdadeiro Holocausto na América, algo que era cogitado na época, mas chegou a ser negado por especialistas.

Veja também:   O homem que ficou 20 dias sozinho no escuro para ganhar aposta

Para nunca esquecer

Atualmente o livro está sendo mantido pela coleção Jacob M. Lowy, localizada em Ottawa, no Canadá. Obras similares geralmente são evitadas por coleções históricas, que afirmam que o conteúdo pode fazer apologia ao nazismo. No entanto, Michael Kent, curador da coleção, acredita que nos tempos atuais é necessário que esse tipo de material seja divulgado, para que a tragédia nunca seja esquecida, ou negada.

O livro em breve estará disponível ao público no Arquivo Nacional do Canadá e alguns capítulos devem ser digitalizados e disponibilizados também na internet, de forma gratuita. Outros livros de propriedade de Hitler também foram comprados pelo acervo, com custo total de 4800 dólares. Eles ficarão expostos em bibliotecas e museus da América do Norte.



Discussion1 Comentário

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com