Os 10 casos de crianças em histeria coletiva mais bizarros da história

0

6) O experimento da caverna dos ladrões

Em 1954, o psicólogo Muzafer Sherif decidiu experimentar como as pessoas formam alianças, como formam competições e até que ponto rivalidade e preconceito estão ligados. Ele levou dois grupos de crianças a um acampamento e, durante a primeira semana, confraternizou com cada uma delas separadamente, sem que elas soubessem da existência uma da outra, e logo cada grupo estava colaborando de forma entusiasmada.

Na segunda semana, os dois grupos foram apresentados e uma competição foi estabelecida, focando que haveria apenas o lado vencedor e o lado perdedor, sem nenhum prêmio de consolação aos derrotados, e o resultado começou com apelidos maldosos direcionados às crianças do outro grupo, pra então vandalismo e até mesmo uma briga que teve que ser separada pelos adultos.

Na terceira semana, não havia mais jogos competitivos e um problema em comum foi apresentado aos dois grupos: o acampamento estava sem água e todos deveriam trabalhar unidos, ou ficariam com sede e sem banho. No fim do experimento, não havia mais rivalidade e nem vandalismo e quase todos os meninos eram amigos, independente de qual grupo pertenciam, mostrando que rivalidade é meramente uma questão social facilmente superável.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11
Pages ( 7 of 11 ): « Previous1 ... 56 7 89 ... 11Next »

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com