Pessoas estão impondo dietas veganas a seus cães; veja consequências

0

As dietas veganas e vegetarianas vêm ganhando cada vez mais espaço no mundo e é natural que algumas pessoas queiram levar isso aos seus cães, gatos e pets em geral. Mas quais são as consequências de se alimentar um cão apenas com vegetais? Um estudo mostrou que é possível, mas nem sempre é o caminho mais indicado para a saúde do animal de estimação.

Estudos realizados em 2013 mostraram que ao contrário de seus ancestrais e parentes mais próximos, os lobos, cães possuem em seu organismo uma série de bactérias e enzimas que facilitam a absorção de elementos como amido, presente em grãos e algumas raízes. Em outras palavras, não só eles estão aptos a sobreviver à base de dietas veganas, como isso pode ter sido crucial para sua evolução junto aos seres humanos ao longo do tempo.

No entanto, dietas veganas nem sempre são as mais indicadas. Um estudo realizado pela Anglia Ruskin University, em Cambridge, no Reino Unido, mostrou que 25% da comida vegetariana para cães vendida nos mercados não possui todos os nutrientes necessários para suprir esses animais. Os alimentos caseiros não são muito melhores, com resultados mostrando que animais submetidos a essa dieta sofrem falta de zinco, cálcio, vitaminas D e B12, além de algumas proteínas e aminoácidos.

Isso acontece porque ainda não se sabe exatamente até que ponto os cães não dependem de carne. Sabe-se que os ancestrais dos cães modernos também eram onívoros, mas cientistas estão tentando ainda entender melhor os hábitos caninos em relação à ausência de carne na dieta. Porém, se o seu companheiro é um gato, não existe alternativa: felinos precisam de carne para se manter saudáveis.

Veja também:   Pesquisa diz que inseticidas estão criando 'superbaratas invencíveis'

Cães e lobos

Cães modernos são descendentes diretos de espécies mais antigas de lobos e para entender sua dieta, é necessário entender também como seus ancestrais selvagens se alimentavam. E ao contrário do que pode parecer, lobos, tanto antigos quanto modernos, não se alimentam exclusivamente de carne.

Estudos recentes feitos pelos cientistas do parque Yellowstone, nos Estados Unidos, mostram que 74% dos lobos da região apresentam vestígios de folhas e frutas em suas fezes. Sabe-se, portanto, que esses lobos possuem hábitos onívoros e que dietas veganas poderiam ser aplicadas a eles, desde que os nutrientes fossem bem calculados.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com