Cientistas podem ter descoberto paciente zero da peste bubônica

0

A peste bubônica, também chamada de peste negra, foi a pior pandemia da história, mas sua origem é bem anterior à Idade Média, quanto aconteceu.

Os cientistas encontraram os restos mortais de um homem, morto há cerca de 5 mil anos, que teria sido um dos primeiros infectados, ainda com uma cepa anterior da bactéria Yersinia pestis, a causadora da doença.

O cadáver foi encontrado em uma área que hoje pertence à Letônia, na Europa oriental, e com seus 5300 anos de idade, é a vítima mais antiga da peste encontrada até hoje.

Ele estava enterrado com mais 3 pessoas, que provavelmente também pereceram pela doença, ainda no período neolítico, milênios antes da peste negra devastar a Europa e a Ásia.

O homem estava na casa dos 20 anos de idade e aparentemente era um caçador e coletor. Os cientistas acreditam que ele tenha pego a doença após ser mordido por um roedor, e acabou morrendo de choque séptico causado por ela, cerca de uma semana depois.

A teoria mais aceita é que ondas da peste acometeram a Europa várias vezes antes da Idade Média.

Acredita-se que a bactéria que causa a doença tenha surgido da interação entre humanos e animais há cerca de 7 mil anos. A peste bubônica ainda existe nos dias atuais, mas seu tratamento hoje é relativamente simples, com antibióticos comuns, e a taxa de mortalidade atual é extremamente baixa.

A peste negra medieval

No século XIV, a Europa e a Ásia foram varridas pelo que ficou conhecido como peste negra, uma pandemia que eliminou cerca de metade da população europeia daquele período e causou grandes mudanças sociais, econômicas e culturais.

Acredita-se que o surto tenha começado na Ásia e chegado ao ocidente através da antiga Rota da Seda, em ratos e pulgas que acompanhavam os mercadores.

Exércitos e viajantes eram os principais “meios de transporte” da peste, que vitimou não apenas civis e plebeus, mas também reis e membros da nobreza.

Após o século XIV, novos surtos da peste foram registrados, mas aparentemente não foram tão mortais quanto este, que entrou para a história e é muito associado com os acontecimentos da Idade Média.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com