Por que o pum de outras pessoas fede mais que o seu?

0

Enquanto os gases alheios incomodam bastante o nosso olfato, a reação negativa não é tão grande com os nossos próprios. Resumindo a questão: por que o pum de outras pessoas fede mais que o seu? A resposta tem relação com o cérebro, que faz “vista grossa” ao fedor quando ele vem do nosso próprio corpo, fazendo com que a flatulência do colega pareça sempre pior. Parece que o ditado que diz que “a grama do vizinho é sempre mais verde” pode ser verdadeiro para o bem ou para o mal.

O cérebro tende a suavizar a percepção de odores que têm origem no nosso próprio corpo, por isso o pum de outras pessoas sempre parece pior. É possível traçar um paralelo com a ingestão de alho, alimento famoso por deixar o hálito de quem come bastante desagradável, além de ser literalmente exalado pelos poros. Por mais que se tomem todos os cuidados higiênicos, o tempero poderá ser percebido por outras pessoas, mas passará batido para própria pessoa que devorou uma pizza de alho inteira na noite anterior.

A suavização do próprio odor também faz parte de um sistema de alerta do cérebro. Quando você libera gases, o cérebro sabe com alguma antecedência que as suas narinas serão golpeadas e já se prepara para o impacto. Esse é o mesmo sistema que impede que você faça cócegas em si mesmo.

Sobrevivendo ao bombardeio

No entanto, o pum de outras pessoas sempre vai ser pior, mesmo que elas avisem que vão soltar os gases. Os motivos disso ainda não são totalmente conhecidos, mas existem duas possibilidades. A primeira seria uma espécie de “preconceito”, nesse caso justificado. O cérebro “sabe” que os gases alheios fedem mais e já recebe a informação de forma negativa e talvez exagerada.

Veja também:   Adamantium existe? O metal do esqueleto do Wolverine seria viável?

A segunda hipótese diz respeito a instintos primordiais do ser humano, já que é possível pegar doenças ao sentir o cheiro do pum de outras pessoas. Felizmente, isso já não é tão grave devido ao fato de que as roupas acabam “filtrando” potenciais ameaças á saúde, mas infelizmente, o cheiro continua passando.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com