Por que a sonda InSight pousou em uma estranha área oval de Marte?

0

A Nasa celebrou bastante o pouso da sonda InSight em Marte, que ocorreu na última segunda-feira (26), após vários meses de viagem. No entanto, um detalhe passou despercebido pelos entusiastas de plantão: o módulo pousou em uma estranha área com formato oval no Planeta Vermelho. Entenda o motivo disso abaixo.

A sonda InSight posou em um local conhecido pelo nome de Elysium Planitia, uma região com vulcões, mas que é bastante plana e adequada para o pouso. Afinal de contas, a Nasa não ia querer que um equipamento que custou 850 milhões de dólares pousasse em um terreno rochoso, não é mesmo?

Qualquer equipamento, sonda ou veículo enviado para Marte precisa pousar em uma área com formato de elipse. No entanto, o sistema de pouso da InSight é mais barato e menos preciso que o da sonda Curiosity ou da Mars 2020, que será lançada em até dois anos.

Por conta disso, a Nasa optou por uma elipse de formato estranho, com 130 km de comprimento e 27 km de largura, para o pouso da InSight, números maiores que os de outras sondas e equipamentos que estão em Marte.

sonda InSight-pouso 1

A escolha desta forma de elipse/oval para a área de pouso tem dois grandes motivos: o primeiro é o ângulo em que a sonda ou um veículo precisa entrar na atmosfera de Marte, enquanto que o segundo tem relação com o imprevisível balanço durante a trajetória de queda.

No momento em que uma sonda entra na atmosfera marciana, o equipamento precisa pegar ar o suficiente para reduzir sua velocidade sem pegar fogo ou se espatifar na superfície, mas também não pode exagerar na dose para não correr o risco de voltar para o espaço.

Veja também:   Estudo revela por que os bebês chutam as mães na barriga

Para evitar que isso aconteça, o cientista Matt Golombek, do Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa, explicou, antes do pouso da sonda, que a InSight precisaria entrar na atmosfera a um ângulo de 12 graus. O motivo dessa escolha é dar bastante “momento lateral” para o módulo, que deve balançar bastante no momento da entrada por influências das correntes de vento do planeta.

Como essas correntes deve empurrar a InSight aliado ao fato de que seus equipamentos de pouso são um pouco ultrapassados, isso explica o motivo da área de pouso ter esse estranho formato oval muito maior que o normal.

No entanto, a Nasa nem precisou se preocupar com todas essas questões. A InSight pousou sem maiores problemas em Marte para, agora, estudar o interior do solo marciano.



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com