6 possíveis explicações para as aparições de palhaços pelo mundo

1

Tinha que acontecer com palhaços, não é?! Não poderíamos entrar em um pânico coletivo e mundial por causa de, digamos, zumbis ou vampiros sensuais? Não, tinha que ser palhaços e tinha que acontecer algumas semanas antes do Halloween. Obrigado. Isso é ótimo.

Coulrofobia é o termo utilizado para medo de palhaços. Na verdade, ela não é caracterizada como um distúrbio psicológico, mas é completamente compreensível.

A menos que você tenha se escondido nesses últimos dias, você sabe que vários lugares do mundo têm sido perturbados por visões de palhaços ou possíveis ameaças relacionadas com palhaço ou qualquer evento bizarro do tipo. No Brasil, eles já foram flagrados em diversas cidades, como São Paulo, Suzano, Poá, Mogi das Cruzes e Arujá, além de Rio de Janeiro e Goiânia.

Pessoas foram presas. Escolas enviaram cartas de advertência. A mídia social está cheia de vídeos caseiros assustadores de palhaços. Esse assunto até entrou na pauta da Casa Branca americana essa semana.

É tão estranho, que até mesmo Stephen King quer que as pessoas relaxem:

Ei, pessoal, chegou a hora de acalmar essa histeria de palhaços – a maioria deles são bons, se animem garotada, façam as pessoas rirem.
Stephen King ✔ @StephenKing

Quando o pai de “It” toca nesse assunto absurdo, você sabe que é sério. Mas, ainda assim, precisamos de uma explicação de porque, de repente, há palhaços espalhados por aí e também na nossa imaginação. Veja algumas possíveis razões:

1. É folclore com um toque moderno

palhaco-folclore

Benjamin Radford é um folclorista e o autor do livro de não-ficção “Bad Clowns”, então ele é definitivamente alguém que você gostaria de chamar quando tiver qualquer questão relacionada a palhaços. Ele diz que a onda que estamos passando não é nenhuma novidade, e que ondas de histórias semelhantes já aconteceram antes. “Na década de 1980, haviam relatórios de palhaço ‘fantasmas'”, diz ele.

“Existiam histórias fora de Massachusetts de estudantes dizendo que eles foram perseguidos ou atraídos por palhaços, e os pais e professores levaram a sério.” Se isso soa familiar, é porque o padrão se assemelha a um dos primeiros encontros com palhaço que aconteceu nos últimos meses. Em agosto, crianças em Greenville, Carolina do Sul, relataram ter visto palhaços nos bosques, tentando atraí-los para a escuridão. Nos anos 80, assim como agora, as histórias pegaram, mas elas permaneceram sem explicação.

Veja também:   Celulares escutam nossas conversas? Veja o que esse estudo diz

“Muitos desses relatórios eram falsos, alguns eram brincadeiras e apenas rumores de escola, mas as histórias continuaram, em Chicago, Baltimore, e até mesmo no Reino Unido.” Em outras palavras, há um “efeito bola de neve”, diz Radford, onde o rumor e a preocupação legítima se misturam com a nossa propensão humana para uma boa história. Desde os acontecimentos em Greenville, palhaços tem sido relatados em vários estados americanos, e algumas pessoas foram realmente presas por assustar as pessoas, fazendo ameaças e em alguns casos perseguindo crianças com um taco de beisebol, enquanto estavam vestidas de palhaço. Estes brincalhões só servem para reforçar um mito famoso.

2. É marketing viral

01-quantidade

Pense nisso. Faz sentido. Estamos todos aqui falando sobre palhaços. Será que tem alguém lucrando com tudo isso? Não seria inédito. Radford diz que a imagem do palhaço assustador já foi utilizada em marketing viral antes, e o grande objetivo é levar as pessoas a falar sobre o assunto. De fato, um vídeo de um palhaço assustador de Agawam, Massachusetts, já foi revelado para ser um golpe de marketing viral para uma casa assombrada local.

E mesmo que toda essa coisa de palhaço não tenha começado como uma jogada de marketing, ela certamente criou um terreno fértil. Também é difícil ignorar o fato de que, um remake da clássica história de terror “It” será lançado no próximo ano. Embora o timing seja perfeito, os fabricantes do filme não estão brincando com suas emoções delicadas apenas para você ir aos cinemas. Um porta-voz Warner Brothers disse à CNN que não há “absolutamente nenhuma conexão” entre o filme e aparições palhaço recentes.

3. É uma expressão de ansiedade humana

déjàvu-mente-3d

Os palhaços são uma fonte de diversão infantil, mas também podem ser assustadores e estranhos. A vida também é assustadora e estranha. E isso não é uma coincidência. Talvez palhaços são como espectros de ansiedade e desconforto, como um bicho-papão que personifica os nossos medos mais profundos. “Esses tipos de pânico tendem a vir à tona quando há uma ansiedade social subjacente”, diz Radford. “Este é um ano eleitoral, há muitas divisões políticas e ideológicas, há também, naturalmente, [a consciência]de tiroteios em escolas e ataques terroristas.” Essa última parte explica o cerne da preocupação dos pais e aplicação da lei.

Veja também:   Tem medo de palhaço? A ciência explica o que está por trás da famosa fobia

Mesmo que a maioria destes incidentes sejam exagerados, por que arriscar? Radford disse que as aparições dos palhaço da década de 1980 vieram em um momento similar – uma agitação cultural. “Houve pânico satânico, a histeria sobre Dungeons and Dragons, e reportagens sensacionalistas de satanistas tentando raptar as crianças”, diz ele. É um mundo diferente hoje, mas os padrões são os mesmos. “Esses relatórios circulam, muitas vezes com muitos exageros, há muitos rumores e lendas urbanas, e então há algum idiota que realmente se veste, e em seguida vem as prisões”, diz ele.

4. É uma moda de mídia social

facebook-whatsapp

Se você quiser ficar assustado, entre nas recém-criadas contas de Twitter com o tema “aparecimento de palhaços”. Eles estão cheios de vídeos de palhaços que parecem ter vindo de filmes de terror.

Em meio as aparições – reais ou não – a hashtag #IfISeeAClown tem resultados previsivelmente hilariantes. Obviamente, se os palhaços têm chamado a nossa atenção, os usuários de mídia social vão encontrar uma maneira de ganhar dinheiro com isso. “A imagem do palhaço assustador é perfeita para as mídias sociais. É feito sob medida para se tornar viral”, diz Radford. “Você tem algo que é ao mesmo tempo assustador e engraçado.

É a combinação de horror e humor, risos e medos. Tudo isso faz parte da tradição do folclore, mas ao invés de compartilhar as histórias em volta de uma fogueira ou em conversas sussurradas antes de dormir como fazíamos antigamente, nós postamos e damos re-tweets sobre isso, embelezando e adicionando toques pessoais ao longo do caminho. “É chamado de ostentação”, diz Radford. “A ideia de que você está fazendo parte de uma lenda. As pessoas veem esta narrativa do palhaço assustador acontecendo no noticiário, e elas pensam: ‘Ei, eu quero fazer parte disso!'”

Veja também:   Quanto custa um rim e outros órgãos no mercado negro

5. É um jogo de realidade alternativa

slenderman

Realidade vs. fantasia: Será que as crianças entendem? Você se lembra de Slenderman, o personagem de internet assustador que fez parte de um caso de esfaqueamento adolescente brutal em 2014? Para algumas pessoas, Slenderman era parte do que é chamado de “jogo de realidade alternativa”. Não, não é como o Pokemon Go, que é um jogo de realidade “aumentada”. Pense neles mais como um quebra-cabeças e narrativas interativas que supostamente ocorrem no mundo real e são contadas através de várias plataformas.

É uma versão turbinada de um mito, e parte da diversão de um ARG é submergir totalmente no faz de conta. Soa familiar? Não há nenhuma evidência concreta que sugira que essa moda do palhaço é na verdade parte de um jogo oficial de realidade alternativa, mas de acordo com a forma de que ele é espalhado e documentado on-line, não é difícil imaginar que o espírito de ARGs infundiu algumas das histórias. Imagine esta situação: alguém se veste como um palhaço ou deixa uma parte da fantasia para alguém encontrar e documentar.

6. Nem tudo é sempre o que parece

palhaco-assustador

A explicação mais fácil que existe é que eles realmente são um bando de palhaços assustadores. Mas se você realmente quiser levar a sério, a recente onda de notícias de palhaços assustadores é preocupante justamente porque é difícil dizer onde o mito termina e começa a realidade – nós sabemos, intelectualmente, que é um monte de besteira, mas a partir do momento que alguém é preso por fazer ameaças aos palhaços violentos, começamos a questionar tudo. “Os rumores podem ter consequências”, diz Radford.

“Isso não é apenas diversão, as pessoas estão com medo, já foram registrados casos que as pessoas se tornaram violentas e até atiraram por medo. Eu acho que a coisa mais importante para o público perceber é que por baixo de todas essas manchetes sensacionalistas, não há qualquer ameaça inicial. A verdadeira ameaça são as reações exageradas para toda essa história e não os próprios palhaços em si”.

Discussion1 Comentário

  1. cara, eu até queria saber sobre o assunto, é interansante. Mas acho q ninguém vai ler esse texto desse tamanho, com varios tópicos, pra explicar uma coisa muito simples entende? Vá mais ao ponto, para assuntos que nao sejam tão importantes. Espero que me interpretem bem, foi uma critica positiva.

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com