Primeiro currículo de Steve Jobs era confuso e cheio de erros; confira

0

Steve Jobs pode ser considerado um dos maiores empreendedores da história recente. Ele é nada mais, nada menos que um dos fundadores da Apple, a gigante da computação que revolucionou esse mercado e a vida de muitas pessoas.

Se você visse um dos primeiros currículos de Jobs, entretanto, você jamais imaginaria que ele se tornaria o empresário bem sucedido que foi.

Um dos primeiros currículos de Jobs foi a leilão nos Estados Unidos em meados de 2018. Ele o redigiu quando tinha apenas 18 anos de idade e, nessa época, tinha acabado de abandonar os estudos universitários e precisava de um emprego como qualquer outra pessoa. Assim, tentou uma vaga para uma oportunidade ainda desconhecida.

E mesmo se tratando do ano de 1973, os padrões desse currículo não eram nada bons. Confira abaixo (está em inglês).

O primeiro currículo de Steve Jobs

steve jobs-currículo

De início, Jobs preencheu tudo tranquilamente. Se identificou como “Steven Jobs”, disse que fez seus estudos na universidade Reed College, que estudou “literatura inglesa” e que não tinha um telefone para contato.

O problema vem logo em seguida. No meio do currículo, onde os candidatos precisavam preencher sobre empregos anteriores, incluindo as datas de ingresso e saída, cargo, tipo de negócio e razão por ter abandonado o posto, Jobs deixou essa seção completamente em branco.

Em seguida, Steve Jobs disse que tinha carteira de habilitação, mas sua resposta seguinte, se tinha acesso para transporte, é um tanto confusa e estranha: “possível, mas não provável”.

Depois, Jobs precisou dizer quais eram as suas habilidades. Ele marcou com um “sim” as áreas de computação e cálculos (onde tudo indica que bastava apenas marcar um ‘X’), mas complicou as coisas ao escrever “(design, tech)” (“design e tecnologia”) embaixo da opções e desenhar setas em direção às categorias que assinalou.

Por fim, quando perguntado de suas habilidades especiais, Jobs escreveu “técnico em eletrônica e engenheiro de design. Digital”. Depois, ainda escreveu o nome da companhia HP errado: “Hewitt-Packard”, sendo que o correto é “Hewlett-Packard”.

Não sabemos qual foi a avaliação final de Jobs, mas podemos apostar que ele não foi escolhido para o cargo. Só que a história já mostrou que esse pequenos problemas são parte do aprendizado de pessoas de sucesso.

No ano seguinte, em 1974, Steve Jobs viajou até a Índia e retornou para ajudar seu amigo, Steve Wozniak, a criar placas de circuito para a Atari. Depois, criaram os computadores Apple I, Apple II e o Mac. O resto, você já sabe, é apenas história, e Jobs se tornou um dos empreendedores mais respeitados do mundo.

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com