Quem inventou a cerveja?

0

Se você está à procura de um mestre cervejeiro original para brindar a próxima reunião de família, você está sem sorte. É difícil atribuir a invenção da cerveja para um determinado período ou determinada cultura, mas as primeiras bebidas fermentadas do mundo, provavelmente, surgiram paralelamente ao desenvolvimento da agricultura cereal cerca de 12.000 anos atrás. Como tribos de caçadores e coletores se estabeleceram em civilizações agrárias baseadas nos alimentos básicos como trigo, arroz, cevada e milho, eles podem ter também esbarrado no processo de fermentação e começaram a produção da cerveja. Na verdade, alguns antropólogos têm argumentado que a sede insaciável desses primeiros povos, de bebidas alólicas pode ter contribuído para a Revolução Neolítica, inspirando novas tecnologias agrícolas.

A bebida alcoólica mais antiga conhecida é uma mistura chinesa de 9.000 anos de idade, feita de arroz, mel e frutas, mas a primeira cerveja de cevada provavelmente nasceu no Oriente Médio. Provas concretas da produção remonta cerca de 5.000 anos para os sumérios da antiga Mesopotâmia. Arqueólogos desenterraram vasos de cerâmica de 3400 AC, ainda pegajosa com resíduos de cerveja, e em “Hymn to Ninkasi”, de 1800 A.C. (um presenta à deusa suméria) descreve uma receita para uma cerveja antiga feita por sacerdotisas. Esta espuma rica em nutrientes era peculiar da dieta sumeriana, e foi provavelmente uma alternativa mais segura para beber água de rios e canais próximos, que eram muitas vezes contaminados por resíduos animais.

Veja também:   Profundezas da web: o que são os chans e qual sua relação com crimes

cerveja na antiguidadeO consumo de cerveja também floresceu sob o Império Babilônico, mas algumas culturas antigas amavam essa prática, tanto quanto os egípcios. Trabalhadores ao longo do Nilo eram frequentemente pagos com um lote de bebidas doces, e todos, desde os faraós aos camponeses e até mesmo as crianças bebiam cerveja como parte de sua dieta diária. Muitas dessas cervejas antigas eram aromatizadas com aditivos incomuns, como mandrágora e azeite de oliva. Mais o sabor moderno não chegaria até a Idade Média, quando os monges cristãos e outros artesãos começaram a temperar a cerveja com lúpulo.

Fonte: History.com



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com