Rússia deve se desconectar completamente da internet; entenda

1

Em uma manobra ousada e tipicamente russa, a Rússia pretende se desconectar completamente da internet mundial, fechando uma rede apenas dentro do país. Por enquanto será apenas um teste, mas a ideia, que é justificada com a possibilidade de uma invasão para roubar dados, pode ser colocada em prática em um futuro não tão distante, já que o governo russo parece achar a ideia realmente muito boa.

O teste, que vem sendo anunciado pelo governo há pelo menos dois anos e deve acontecer antes de abril, promete desconectar o país todo e seus cerca de 100 milhões de usuários da rede mundial de computadores, fechando a internet dentro de suas fronteiras. A medida seria usada em caso de cyberataques que poderiam colocar informações confidenciais em risco.

A medida, caso o teste seja bem sucedido, deve virar uma lei que obriga os provedores de internet russos a aprovar medidas que permitiram bloquear possíveis invasões vindas através de servidores estrangeiros, possibilitando a circulação de informações apenas dentro do território nacional, formando assim uma rede de computadores apenas dentro da Rússia, que já ganhou até nome: Runet.

O governo russo admite que o desligamento da internet mundial pode ocorrer em caso de tensões entre países, recado esse que, como todos sabem, tem endereço certo: os Estados Unidos e seu recém-desenvolvido novo programa de estratégias de cybersegurança.

Cybercensura?

Especialistas de fora e de dentro da Rússia enxergam muitos problemas com o teste e a possível medida. O maior desses problemas seria que com uma rede interna no país, a Roskomnadzor, agência de comunicação estatal, poderia monitorar e censurar conteúdo a qual os usuários podem ter acesso, de forma parecida com o que já acontece na China.

Veja também:   Vibranium: o metal dos filmes da Marvel existe na vida real?

O especialista em internet russo Filipp Kulin explica o que tal ato significaria. “A desconexão da Rússia da web global poderia significar que nós já estamos em guerra com todos. Nessa situação, nós deveríamos estar pensando em como cultivar batatas em um inverno nuclear, não sobre a internet”, afirmou.



Discussion1 Comentário

Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com