Saiba o que sua barba revela sobre você, de acordo com cientistas

0

Em um estudo que certamente vai provocar muita controvérsia, um grupo de pesquisadores afirmou encontrar uma relação entre a barba e a misoginia. Como sempre, a correlação não implica necessariamente em causalidade, mas isso não impediu os pesquisadores de fazer esse link.

O estudo, publicado nos Archives of Sexual Behaviour (Arquivos de Comportamento Sexual), perguntou a 532 homens americanos e indianos o quanto eles concordam com certas declarações a respeito das mulheres, juntamente com seu status atual de sua barba.

A pesquisa foi conduzida online, através do mercado de crowdsourcing da Amazon, Mechanical Turk.

Depois de considerar fatores como nacionalidade, idade, nível de educação, status de relacionamento e orientação sexual, os pesquisadores alegaram que os homens com mais cabelo facial eram mais propensos a ter crenças sexistas e atitudes misóginas.

Eles descobriram que 86 por cento dos homens indianos com barba e 65 por cento dos americanos barbudos mantêm “atitudes sexistas hostis”, significativamente mais do que os seus colegas de cara lisa.

Os homens que apresentavam essas atitudes consideradas “hostis e sexistas” eram mais propensos a concordar com declarações como “uma vez que uma mulher encontra um homem para se relacionar, ela normalmente tenta colocá-lo em uma coleira apertada” e “as mulheres procuram ganhar poder ao obter controle sobre os homens”.

O estudo também analisou algo que foi chamado de “sexismo benevolente”. Os pesquisadores definiram essa atitude, que sugere que homens e mulheres têm diferenças de gênero muito distintas, como o comportamento dos homens que assumem um papel “protetor” e paternalista.

As atitudes “sexistas benévolas”, de acordo com a pesquisa, incluíram concordar com declarações como “as mulheres devem ser apreciadas e protegidas pelos homens”, bem como comportamentos como abrir portas para as mulheres e insistir em pagar um jantar.

O estudo propôs que os homens que já possuem crenças sexistas gostam de crescer suas barbas, porque afirmam a sua própria masculinidade e reforçam os ideais de dominância.

No entanto, eles também sugeriram que o crescimento de uma barba poderia forçar os homens a apresentar um comportamento de acordo com as noções culturais percebidas de masculinidade.

No entanto, provavelmente, vale a pena lembrar que se você acredita que ser capaz de julgar alguém com base em seu gênero é errado, então, julgar o caráter de alguém pelo tamanho de sua barba sem dúvida não seria algo diferente.

Iflscience



Deixe um Comentário

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com